Home / Aconteceu / Crise econômica e união de municípios é destaque em posse da Amepi

Crise econômica e união de municípios é destaque em posse da Amepi

A crise econômica vivenciada pelo país e a importância da união dos gestores dos municípios que integram a Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Piracicaba (Amepi) foram os principais destaques em solenidade de posse de prefeitos à presidência da entidade e também à frente do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Piracicaba (Cismepi) e do Consórcio da Gestão Pública de Resíduos Sólidos (CGPRS). A solenidade foi realizada no Real Esporte Clube, em João Monlevade, na noite da última quinta-feira (5).

O prefeito de Santa Bárbara, Leris Braga (PHS), eleito presidente da Amepi, citou a crise como forma de os gestores usarem a criatividade para promoverem novas experiências que possam contribuir com o desenvolvimento da região. Ele, que foi o prefeito eleito com maior índice de aceitação em todas as cidades do Médio Piracicaba, enfatizou a necessidade de administrar em busca de novas alternativas.

“Farei uma gestão firme pela unidade dos municípios, respeitando as características de cada um. Enquanto presidente da Amepi, represento 390 habitantes das 17 cidades do Médio Piracicaba e anseio contribuir com diálogo e ação. A crise nos faz ter pessimismo e cautela, mas é preciso administrar em busca de novas alternativas”, pontuou. O prefeito de São Gonçalo do Rio Abaixo, Antônio Carlos Noronha Bicalho (PDT) assumiu a vice-presidência da Amepi.

O tucano José Alves Parreira (prefeito de Catas Altas) e Antônio Cota (DEM-Rio Piracicaba) serão presidente e vice do Cismepi nos próximos dois anos. Parreiras também comentou sobre a crise econômica, que afeta diretamente a área de saúde e enalteceu o trabalho da equipe do Cismepi. “Tenho uma importante missão à frente do Cismepi e espero contribuir com trabalho à altura”, falou.

   

Aterro sanitário

Reeleito prefeito em Bela Vista de Minas e também presidente do Consórcio da Gestão Pública de Resíduos Sólidos, Wilber José de Souza (DEM), têm o desafio de continuar a administração do aterro sanitário, que recebe o lixo produzido pelas cidades de Bela Vista de Minas, Nova Era, João Monlevade, Rio Piracicaba e Alvinópolis.  No auxílio dos trabalhos, Wilber tem como vice-presidente da entidade o prefeito João Galo Índio (PTB-Alvinópolis).

Segundo o presidente, que caminha para o terceiro mandato à frente do Consórcio, o trabalho desenvolvido na entidade em prol do meio ambiente é árduo e de muita responsabilidade. “Administramos o lixo produzido por 153 mil habitantes”, ponderou Wilber que frisou a importância do correto destino dos detritos para que não seja comprometida a vida útil do aterro sanitário – estimada entre 20 e 25 anos, desde que seja usado de forma correta.

Ex-presidente pede continuidade de trabalhos

O ex-presidente da Amepi e ex-prefeito de São Domingos do Prata, Fernando Rolla (PSDB) fez questão de ressaltar os trabalhos desenvolvidos em sua gestão na entidade e pediu a continuidade de deles. Entre as ações implementadas pelo ex-presidente está a implantação do Banco de Registro de Preços do Instituto de Pesquisas Econômicas e Administrativa (IPEAD) da UFMG.  O serviço é muito usado pelos municípios em editais de licitação. O contrato contempla mais de 2.700 itens gerais e ainda 2.500 específicos de medicamentos.  Outra ação é a criação de Comitê Regional de Combate ao Mosquito Aedes – que ajuda aos municípios a combater a dengue, zica e chikungunya na região do Médio Piracicaba.

“Estou realizado em deixar o cargo na Amepi após quatro anos e ver que valeu a pena contribuir com a transformação dos municípios na região. São muitos trabalhos importante e que eu peço que não acabem”, disse.

 

Público

Um público de cerca de 500 pessoas acompanharam a posse dos prefeitos. Também participaram da cerimônia os deputados estaduais Tito Torres (PSDB) e Raimundo Nonato Barcelos (Nozinho-PDT). O deputado federal Rodrigo de Castro (PSDB) e os prefeitos das cidades de: João Monlevade, Bom Jesus do Amparo, Dionísio, Itabira, Santa Maria de Itabira, Goiabal, Sem-Peixe, Coronel Fabriciano e Nova União também marcaram presença.

Fonte: Bell Silva/O Popular