20 mil livros serão distribuídos entre Itabira e Rio Novo nesta semana

Cavalgada Cultural lembra 30 anos sem Drummond e abre preparativos para Fliminas 2017

Grupo liderado por neto de Oscar Niemeyer parte de Itabira à Rio Novo doando livros pelo caminho

A cidade de Itabira vai ser o ponto de partida de mais uma expedição dos Cavaleiros da Cultura. Em dez dias, o grupo vai percorrer 400 quilômetros até a cidade de Rio Novo, na Zona da Mata, onde tem sede. A viagem é o pontapé inicial para a FLIMINAS 2017 – Festa Literária de Minas Gerais, que nesta edição lembra os 30 anos da morte de Carlos Drummond de Andrade.

O início do trajeto será no próximo dia 20 de junho, às 9h, no memorial dedicado ao poeta, que não por coincidência tem projeto assinado por Oscar Niemeyer, idealizador da Associação Cavaleiros da Cultura. A amizade entre os dois vai ser lembrada por onde a comitiva passar, garante Carlos Oscar Niemeyer, neto do arquiteto e líder dos cavaleiros. “A intenção é não só celebrar a obra de Drummond, mas fazer também esse link com a associação, idealizada pelo meu avô, e lembrar a forte amizade entre os dois. O nosso grupo de cavaleiros é composto por amigos que acreditam que a leitura pode transformar, como dizia o Oscar. Desta forma, vamos distribuir livros por todo o caminho dando início a grande celebração a Drummond que faremos na FLIMINAS em agosto”.

No percurso, os cavaleiros Carlos Oscar, Eduardo Ladeira, Francisco Reis, Álvaro Gatto e Adriano Gama vão passar pelas cidades de Ipoema, Cocais, Santa Rita do Durão, Piranga, Presidente Bernardes, Dores do Turvo, Rio Pomba até a chegada em Rio Novo. No total, mais de 20 mil livros serão doados às escolas e crianças destas localidades. A ação é feita em parceria com a Paulus Editora.

FLIMINAS 2017

Com mais de 30 mil pessoas participando das atividades na praça Ronaldo Borges nas últimas três edições da Festa Literária de Rio Novo, a ACC e seu evento inspirador almejam agora uma nova conquista, fazer com que a festa abrace todo o estado. O primeiro traço de crescimento vem no nome FLIMINAS, abreviação de Festa Literária de Minas Gerais.

Em 2017, a FLIMINAS homenageará com o tema “Tem poesia no meio do caminho”, Carlos Drummond de Andrade. A intenção, além de celebrar a obra, é lembrar os 30 anos da morte do poeta, cronista e jornalista.

O evento, com abertura marcada para o dia 17 de agosto, a exemplo das edições anteriores contemplará, em quatro dias, público de todas as faixas etárias, com programação 100% gratuita e aberta. Já estão confirmadas mesas de debates, lançamentos de livros, bate-papos com autores renomados, sessões de contação de histórias, oficinas nas áreas de artes plásticas, literatura, criação literária, artesanato, educação patrimonial, além de exposições, espetáculos de teatro, shows musicais e gastronomia.

A associação

Fundada em 2008, a entidade tem sua história iniciada com um grupo de amigos, que, durante cavalgadas recreativas, procurava um sentido especial para suas jornadas. Por incentivo do arquiteto Oscar Niemeyer, os cavaleiros passaram então a levar livros em suas jornadas distribuindo-os a crianças em regiões carentes do país.

Em nove anos de atividade, com seis expedições no currículo, passando pelos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia, os cavaleiros já percorreram mais de 4.000 quilômetros e doaram cerca de 700 mil livros. Para isso, contam com uma rede de voluntários, que dedica seu trabalho a captar doações e a viabilizar o treinamento de professores – voltado para o desenvolvimento do hábito da leitura.

Associação Cavaleiros da Cultura