Acidente entre ambulâncias, ônibus e carreta deixa ao menos 15 mortos

Explosão após acidente entre quatro veículos. Fonte e fotos: Gazeta Online
Explosão após acidente entre quatro veículos./Fonte e fotos: Gazeta Online

Guarapari/ES – Pelo menos 15 pessoas morreram em um grave acidente no quilômetro 343 da BR 101, em Guarapari, no início da manhã desta quinta-feira (22), de acordo com informações da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp). A colisão envolveu uma carreta, um ônibus de viagem da empresa Águia Branca e duas ambulâncias. A batida interdita os dois sentidos da via e o tráfego foi desviado no km 335, no trevo que dá acesso ao município. No local, dois helicópteros da PM e três equipes do Corpo de Bombeiros trabalham no resgate às vítimas, além de equipes da concessionária Eco 101.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a carreta carregada com bloco de pedra, de aproximadamente 35 toneladas, vinha do sentido Vitória – Rio de Janeiro, quando, por motivos desconhecidos, invadiu a contramão e colidiu frontalmente com um ônibus, que seguia de São Paulo para Vitória, e ambulâncias dos municípios de Jerônimo Monteiro e Alfredo Chaves. Após a curva, a rocha atingiu o ônibus, que tombou e começou a pegar fogo pelos fundos, segundo informações que a polícia apurou com os passageiros.

EQUIPE NO LOCAL

A equipe de reportagem do Gazeta Online, que está no local, informa que duas viaturas da Polícia Militar de Guarapari foram as primeiras a chegar. Segundo a polícia, os militares contaram que havia muito fogo no ônibus e as pessoas que conseguiram sair do coletivo estavam espalhadas no matagal. Eles acreditam que, caso não houvesse o incêndio, mais pessoas teriam sobrevivido.

MORTES E VÍTIMAS

Até o momento, sabe-se que, entre as vítimas fatais estão o motorista da ambulância da Prefeitura de Jerônimo Monteiro, Alicinaldo Zampili Vargas, 36 anos, e o motorista da carreta. Além dos dois motoristas, os outros treze mortos estavam no ônibus.

Três vítimas foram socorridas por equipes do Corpo de Bombeiros, para o PA de Guarapari e Hospital São Lucas, em Vitória. Equipes do Samu também estão atendendo as vítimas no local e encaminhando para hospitais da região e de Vitória, Vila Velha e Serra.

O Notaer transportou duas vítimas de helicóptero  também para o Hospital Jayme dos Santos Neves, na Serra.

Motorista do ônibus

A Prefeitura de Guarapari comunicou, por meio de nota, que cinco vítimas deram entrada na UPA do município. Uma delas é o motorista do ônibus, que foi transferido para o Hospital São Lucas, em Vitória, com quadro estável. Seguem na UPA dois homens e duas mulheres, em quadro estável e sem nenhum ferimento grave.

ÁGUIA BRANCA

A Águia Branca informa que havia no ônibus 31 passageiros, além do motorista. A companhia confirma que o coletivo fazia o trecho São Paulo X Vitória, e havia saído da capital paulista por volta das 16h10 desta quarta-feira (21). A empresa não possui informações sobre os passageiros feridos, mas diz que disponibilizou uma equipe, que está no local do acidente, para ajudar a polícia nas investigações e prestar atendimento às vítimas.

Fonte: Gazeta Online