Câmara aprova moção de repúdio à agência do INSS de Santa Bárbara

Os vereadores aprovaram, por unanimidade, na reunião ordinária na quinta-feira (8), moção de repúdio à agência do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) de Santa Bárbara. O pedido foi feito pelo presidente da Câmara, Juarez Camilo (PSDB), devido ao tratamento dispensado à usuários que, segundo ele, é de péssima qualidade. A moção de repúdio foi assinada pelos vereadores e agora segue para Brasília.

Segundo Juarez Camilo a moção de repúdio já estava sendo discutida por ele com os demais vereadores devido ao grande número de reclamações sobre o serviço de perícia. “A dificuldade aos que necessitam de assistência começa no atendimento pelos peritos que tratam as pessoas de maneira desumana. O ponto crucial para o nosso voto de repúdio”, explicou. Ele disse ainda que o relato de uma usuária do sistema foi determinante para esta ação. “Ao comparecer a uma pericia, o perito diz o seguinte para ela: ‘essa é a última vez que concedo o afastamento, trate de operar e ficar curada nesses 60 dias, pois na próxima perícia vou lhe dar alta para voltar ao serviço’. Isso é uma falta respeito e sensibilidade”, comentou Juarez Camilo sobre a fala do médico.

O presidente da Câmara comentou ainda que essa paciente que lhe relatou caso está em tratamento de um câncer de mama, cuja a quimioterapia causou não só a queda de cabelos, como também das unhas. “Essa paciente que estava reagindo bem ao tratamento teve uma recaída por preocupação de ficar sem o beneficio. Essa pessoa nunca ficou afastada, é dedicada ao serviço e recebeu um tratamento como este por parte do INSS, que deveria passar segurança para ela nesse momento difícil”, criticou.

Juarez Camilo ressaltou ainda que devido ao tratamento desumano, a paciente segue sofrendo. “O INSS deixou de ser um amparo a quem já contribuiu e passou a ser cruel no tratamento. Isso não pode acontecer porque ali é um órgão público e o que mantém aquela instituição de pé é o suor dos trabalhadores do nosso País”, finalizou.