SMS pretende realizar Liraa ainda este mês

Segundo a superintendente de vigilância em saúde, Tereza Andrade este levantamento deve ser realizado a partir do dia 16 de outubro.

Ilustração

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) deve realizar ainda neste mês de outubro o Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (Liraa) para verificar se após o período de calor e chuvas houve o aumento do foco dos mosquitos da dengue no município.

Itabira/MG – Segundo a superintendente de vigilância em saúde, Tereza Andrade este levantamento deve ser realizado a partir do dia 16 de outubro. Ela destacou a importância do trabalho em entrevista concedida à Rádio Itabira.

“Provavelmente o Liraa será na segunda quinzena deste mês e neste período da água as pessoas acumulam […] Quando fizemos o Liraa [nesta época] verificamos que muitas pessoas deixam água acumular em vasilhames, caixas d’águas e isso é um criadouro fantástico para o mosquito, numa proporção enorme. Então, pode ter uma proliferação enorme. Vamos verificar todos estes locais”, disse ela.

O Liraa consiste em uma amostragem larvária feita em determinados períodos de Aedes aegypti em um município para obter a estimativa da infestação pela dengue. É uma ferramenta fundamental para direcionamento e intensificação das ações antivetoriais, pois apresenta a magnitude e a distribuição da infestação por tipo de criadouro nas diferentes regiões do município.

Ainda de acordo com a superintendente de vigilância em saúde, a própria população pode fazer a sua parte no combate ao mosquito. “O mosquito vive escondido dentro da nossa casa e o que a gente fala é que com apenas 10 minutos por semana você pode checar onde ele põe os seus ovos e eliminando estes focos você protege a saúde da sua família e dos seus vizinhos. Então, se for identificado estes depósitos e eliminado, a casa estará livre do mosquito”, explicou ela.