CBT reúne principais nomes do tênis brasileiro em Florianópolis

Evento terá a presença de Marcelo Melo, duplista número 1 do mundo, de Rogerinho e Bia Maia, líderes do ranking nacional de simples, e de Ymanitu Silva, catarinense número 9 do mundo na categoria Quad.

Bruno Soares e Marcelo Melo estarão presentes no encontro. Foto: Cristiano Andujar/CBT

A Confederação Brasileira de Tênis realizará o primeiro Encontro Nacional de Tênis, evento inédito que reunirá alguns dos principais nomes da modalidade no país durante uma semana de imersão e treinamento, entre os dias 4 e 8 de dezembro, na sede da entidade, em Florianópolis.

Florianópolis/SC – O encontro contará com a presença dos três melhores tenistas juvenis das categorias de 12 a 18 anos, masculino e feminino, – com base no ranking nacional do dia 16 de outubro e que aceitaram o convite -, dos melhores ranqueados na ITF, de atletas que estão na transição e profissionais como os mineiros Marcelo Melo (duplista número 1 do mundo) e Bruno Soares (duplista número 10 do mundo), o cearense Thiago Monteiro, os gaúchos Marcelo Demoliner e Gabriela Cé, os paulistas e Rogério Dutra Silva (número 1 do Brasil em simples) e Bia Haddad Maia (número 1 do Brasil em simples), e o catarinense Ymanitu Silva (número 9 do ranking mundial de cadeirante na categoria Quad), além do ex-tenista Fernando Meligeni, o Fininho.
Além de terminar 2017 como duplista número 1 do mundo, Marcelo Melo recém conquistou o vice-campeonato no ATP Finals, em Londres, que reúne as oitos melhores duplas do ano. O mineiro de Belo Horizonte teve a melhor temporada de sua carreira. Sagrou-se campeão em Wimbledon, faturou três Masters 1000 e venceu outros dois torneios da ATP. Já Bruno Soares se consolidou entre os 10 melhores duplistas do mundo em mais uma temporada, com dois títulos de ATP 500.
Na simples, Rogerinho terminou o ano como número 1 do Brasil, após a conquista de dois Challengers. No feminino, Bia Maia avançou mais de 100 posições no ranking da WTA, furou a barreira das 100 melhores do mundo e foi vice-campeã do WTA de Seul no fim da temporada. Já o paratleta Ymanitu Silva fez história ao se tornar o primeiro tenista de cadeira de rodas a se classificar para o Mundial no fim da temporada e terminou o ano entre os 9 melhores do mundo na categoria Quad.
O evento também terá a presença de 15 técnicos, entre os capitães da Copa Davis, Fed Cup, Sul-Americanos e Mundiais de 12, 14 e 16 anos, além de preparadores físicos e outros profissionais renomados, que desempenharão os treinos em dois turnos – manhã e tarde. Os técnicos convocados também participarão de um encontro, de segunda a quarta, no período noturno, para avaliar o atual momento do tênis brasileiro, trocar experiências e discutir o futuro da modalidade no país.
“Este é o primeiro encontro nacional de jogadores e técnicos que a CBT está promovendo com o intuito de juntar algumas das principais lideranças do tênis nacional, para que possamos juntos incrementar o desenvolvimento no alto rendimento. Seja no Infantojuvenil, no Profissional, ou mesmo junto aos treinadores, a CBT está estreitando os laços com todos os segmentos do tênis“, destacou o presidente da CBT, Rafael Westrupp.
“Estarão reunidos os principais tenistas e técnicos do Brasil – que tiveram agenda para comparecer. Vamos nos reunir para discutir a realidade no tênis hoje e apresentaremos o direcionamento da modalidade até 2021. Essa troca de experiências e integração entre juvenis e profissionais no mesmo ambiente é fantástico para o desenvolvimento dos atletas”, afirmou o gerente esportivo e de eventos da CBT, Eduardo Frick.