Criminosos trocam tiros com a PM em operação no Lourdes

Quatro homens foram presos depois que um deles trocou tiros com a Polícia Militar na tarde desta terça-feira (28).

Uma denúncia anônima dava conta que em uma casa que fica na Rua Araxá, no bairro de Lourdes, em João Monlevade, havia um foragido da Justiça que era visto com frequência andando pela região e ostentando uma arma de fogo.

João Monlevade/MG – Uma equipe do Pelotão de Recobrimento Tático Móvel foi até o local e deparou com um dos suspeitos sentado na área externa da casa. Ao perceber que seria abordado ele começou a gritar para que os comparsas corressem. Ele, que é de Governador Valadares, foi preso e disse que estava em Monlevade a cerca de dois meses, no entanto, não revelou o que pretendia fazer na cidade.

Denúncias apontam sobre a participação dele no tráfico de drogas no bairro Nova Esperança.

Dois homens foram vistos pela polícia pulando uma janela e entrando em uma mata nos fundos da residência. Um deles segurava uma sacola em uma das mãos e o outro uma arma de fogo. Eles receberam ordens de parada, porém desacataram. O homem que segurava a arma de fogo chegou a efetuar pelo menos dois disparos contra os policiais, que revidaram a altura. Ninguém foi atingido.
Na fuga o homem dispensou a arma de fogo em meio ao matagal e acabou sendo preso por policiais que participavam do cerco. A arma foi recolhida com dois cartuchos deflagrados e quatro intactos, um deles picotado.

O outro homem que estava segurando a sacola também foi preso. Ele contou que fugiu pelo fato de estar portando drogas, no entanto o entorpecente não foi localizado.

O homem que efetuou os disparos disse que também é morador da cidade de Governador Valadares e que estava se escondendo em João Monlevade por causa de uma “guerra” do tráfico naquela cidade. Esse mesmo homem é apontado como autor de uma tentativa de homicídio registrada na madrugada do dia 09 de novembro na Avenida Castelo Branco, em João Monlevade, a mando de um traficante do bairro Nova Esperança por causa de uma disputa pelo tráfico de drogas na região. Ainda segundo a PM, a denúncia anônima dava conta de que o mandante do crime estaria na residência minutos antes da chegada dos militares.

Os dois que tentaram fuga acabaram se ferindo em meio ao matagal e foram levados ao Hospital Margarida onde receberam atendimento médico.

Durante buscas na casa os policias localizaram, debaixo de um colchão, duas barras de maconha, uma porção da mesma substância entorpecente, oito pedras de crack, uma balança de precisão, uma touca ninja e quatro celulares. Os aparelhos serão periciados, uma vez que podem fornecer informações importantes sobre o movimento de tráfico de drogas.

Outro homem também foi preso, mas alegou que estava no local apenas para comprar drogas.

Os quatro foram levados para a Delegacia de Polícia Civil, juntamente com os materiais aprendidos e podem responder pelo crime de tráfico de drogas, porte de arma e tentativa de homicídio contra os policias.

Fonte: Bell Silva/O Popular