Homem mata irmão com golpe de foice em Cubas

O crime aconteceu por volta de 11h30 de domingo, 12 de novembro, na zona rural de Santa Maria.

Um homem matou o próprio irmão com golpes de foice na localidade de Cubas, zona rural da cidade de Santa Maria de Itabira.
Santa Maria/MG – Após matar o irmão com pelo menos seis golpes de foice enquanto dormia, na localidade de Cubas, zona rural, pertencente à cidade de Santa Maria de Itabira, o autor fugiu. O homem de 39 anos está sendo procurado pela polícia e, segundo informações, ele teria matado seu irmão aproveitando que no local estava só ele, a mãe e a vitima que dormia no quarto.
De acordo com as informações o crime aconteceu por volta de 11h30 deste domingo, 12 de novembro de 2017. A mãe relatou que as brigas entre os irmãos eram constantes, mas de um tempo para cá as confusões teriam cessado. Familiares contaram que um tinha ciúmes do outro,  devido ao fato de achar que a mãe dava mais privilégios ao que morreu.
Segundo informações o suspeito teria aproveitado enquanto sua mãe, que tem deficiência em uma das pernas e um pouco de dificuldade para se locomover, estava um pouco distante. Ele aproveitou que seu irmão Jose Vieira Neto, de 46 anos, dormia em uma cama no quarto, entrou no local e desferiu pelo menos seis golpes de foice, sendo duas na região do pescoço, queixo, face, orelha e braço esquerdo. Em seguida ele saiu da casa, jogou a foice na frente da residência e fugiu do local. A vitima não teve chance nem de tentar se defender.
A localidade de Cubas é de difícil acesso, fica a cerca de 25 km do Centro de Santa Maria de Itabira e há uma grande dificuldade de comunicação. A Policia Militar não conseguiu realizar o rastreamento na tentativa de prender o autor, devido ao horário do crime até a chegada da PM ao local. A Policia trabalha com denuncias que o suspeito tenha fugido para a região da cidade de Passabém.
O perito criminal Frederico Avelar da Policia Civil esteve no local, onde realizou os trabalhos técnicos com a ajuda dos funcionários da funerária Cristo Pax. Logo em seguida ele liberou para que o corpo de José Neto fosse levado ao Instituto Medico Legal (IML) do Cemitério da Paz, em Itabira, onde o medico legista realizaria a necropsia no corpo.
Da forma como a vitima foi morta leva-se a crer que o crime foi premeditado. O caso agora será investigado pela Policia Civil.