Prefeitura deu início à semana da consciência negra

Dia 22 de novembro será o dia “D”

Foto: Ilustração

Começaram hoje (9) os eventos da Semana Itabirana da Consciência Negra. Este ano, com o tema “Construindo Itabira sem racismo”, a Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Governo (SMG) e em parceria com o Conselho Municipal para a Promoção da Igualdade Racial (Compir), irá discutir o impacto do preconceito na sociedade.

Itabira/MG – Com este propósito, haverá roda de conversa, palestras, manifesto, intervenções culturais, exibição de filmes e missa afro, além do lançamento oficial do projeto Educando Itabira sem Racismo, no dia 22/11, às 13 horas, na Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA) que, de acordo com Maria Helena Primo “Lena Primo”, diretora da Promoção da Igualdade Racial da SMG será o destaque da programação. “O projeto começou no início do ano e a aceitação foi tão grande que as escolas nos procuram para fazer parte.

Assim como eu, os educadores também acreditam que tudo começa pela educação, inclusive os preconceitos. Então, dia 22, é o nosso dia D”. Ainda segundo a diretora, outro evento “impactante” será o manifesto para celebrar o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra – 20 de novembro – na próxima terça-feira (14/11), às 15 horas, na Câmara de Itabira. Já no dia 16/11, a partir das 18 horas, na praça Doutor Nelson Lima Guimarães, no bairro Pará, acontecerá a 5ª Cultural Afro com diversas atrações e shows.

As comemorações do dia 20 serão marcadas pela Festa Cultural Afro – Cultura Quilombola, às 10 horas, na Escola Municipal Candidópolis e, às 19h30, pela missa afro, na Igrejinha do Rosário. “A missa ficará linda com a participação dos grupos de Marujos e, a pedido do padre Eugênio, a comunidade fará uma mesa de comidas típicas após a celebração”, destacou Lena Primo.

A Semana Itabirana da Consciência Negra será encerrada na sexta-feira (24), às 14 horas, no auditório da Prefeitura de Itabira, com uma roda de conversa articulada por Yone Maria Gonzaga, superintendente de Políticas Afirmativas e Articulação Institucional da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania de Minas Gerais.

Projeto
O Educando Itabira sem Racismo iniciou suas atividades em maio deste ano, como parte das comemorações dos 129 anos da abolição da escravatura, e se desenvolve por meio da exibição de filmes – com abordagem do tema racismo – para crianças e adolescentes das escolas itabiranas. De acordo com Lena Primo, o projeto visa estimular debates que permitam a reflexão dos alunos “sobre o impacto do preconceito e suas consequências na vida de toda a sociedade, começando pela escola”. Ainda segundo ela, com esta didática o projeto alcança o seu principal objetivo, que é a formação de pessoas tolerantes às diferenças. “Por meio de uma abordagem leve, conseguimos demonstrar a seriedade que o tema inspira. Provocamos uma reflexão nesses jovens acerca do preconceito em todas as suas formas e dos danos que ele provoca na vida de cada pessoa. Assim, formamos seres humanos mais solidários e tolerantes com as diferenças”.

Programação

Dia 09/11, às 10 horas
Local: Escola Municipal Candidópolis
Palestras – Tema: Superando o Preconceito (Lena Primo)
Tema: Lei 10.639 – a verdadeira História do Negro (professor Jhonatan Fernandes)

Dia 14/11, às 15 horas
Local: Câmara de Itabira
Manifesto sobre o dia 20 de Novembro

Dia 16/11, a partir das 18 horas
Local: Pracinha do Pará
5ª Cultural Afro
* Intervenções Culturais: alunos da Escola Estadual Major Lage
* Dança de Forró: professor Júlio
* Dança Afro: coreógrafo Warley e Cia de BH
* Samba na Sola: Cantora Duca
* Roda de Capoeira
* Show com Genésio Reis
* Roda de Samba: Grupo Samba de Raiz

Dia 20/11, às 10 horas
Local: Escola Municipal Candidópolis
Festa Cultural Afro – Cultura Quilombola às19h30
Local: Igrejinha do Rosário
Missa Afro: padre Eugênio

Dia 21/11, às 14 horas
Local: Funcesi
Visita dos alunos das escolas: Fazenda da Bethânia, Candidópolis e José Ricardo Martins (Chapada) aos projetos de extenção da universidade: Inclusão Digital e Espaço de Tecnologia

Dia 22/11, a partir das 13 horas
Local: FCCDA
* Apresentação Drummonzinhos
* Apresentação do Coral Mulheres Negras : “Mudança de Hábito”
* Apresentação dos Projetos Desenvolvidos pela Diretoria
* Lançamento da Ouvidoria Permanente/Blog
* Lançamento do Projeto: Educando Itabira sem Racismo
* Análise dos alunos das escolas envolvidas.
* Palestra – Tema: Cultura Quilombolas (Arcanjo Conceição Pimenta – Diretor do SOS Racismo)

Dia 24/11, às 8 horas
Local: Escola Estadual Major Lage
Palestra – Tema: O Brasil na década do afrodescendente – desafio para a Educação Pública (Yone Maria Gonzaga) às 10 horas
Local: Escola Municipal Coronel José Batista
Palestras – Tema: O Brasil na década do afrodescendente – desafio para a Educação Pública (Yone Maria Gonzaga) às 14 horas
Local: auditório da Prefeitura de Itabira
Roda de conversa – Yone Maria Gonzaga