Quadrilha agride e rouba sitiante na zona rural de Itabira

Crime ocorreu nesta terça-feira, 9, no Povoado Santo Antônio.

Na tarde de terça-feira, 9 de janeiro de 2018, por volta das 16h a Policia Militar foi acionada para comparecer no Povoado Santo Antônio, no Rancho Califórnia, que fica na zona rural de Itabira (MG), onde uma pessoa foi amarrada, agredida e assaltada por um bando armado.

Itabira/MG – No local os militares conversaram com a vitima de 47 anos que relatou que estava lavando roupas quando chegou ao local três indivíduos, sendo dois morenos claros, um negro, um deles usando uma blusa de manga curta e cor verde de uma mineradora de Itabira e o outro de manga comprida. Também havia um quarto criminoso que permaneceu no interior de uma caminhonete Ford/Ranger, de cor cinza.

Os autores inicialmente pediram água para colocar no radiador do veículo, o que lhes foi dado, e eles foram até a caminhonete.

Após conversarem com o motorista, minutos depois voltaram e perguntaram se a vítima possuía arma de fogo, a qual disse que não. Neste momento dois dos autores vieram para cima dele dando-lhe uma rasteira e depois o conduziram para dentro do barracão, onde foi amarrado à cama com um lençol e uma corrente, também tamparam a cabeça da vítima com um pano.

Mesmo sem reagir à ação, em um ato de extrema covardia, um dos autores usou um taco de sinuca para bater contra a cabeça da vítima que sofreu um hematoma do lado direito.

Em seguida a quadrilha passou a revirar o local e subtraíram vários objetos de valor que puderam carregar.

Após conseguirem se desamarrar as vítimas foram até um determinado ponto onde puderam chamar a Policia Militar. Durante diligências surgiram denúncias sobre dois veículos suspeitos abandonados na rua São João, no bairro Juca Batista, sendo verificado que se tratavam da Ford Ranger e o Peugeot 206 usados na ação criminosa.

Foi verificado que um dos carros tinha sido roubado na madrugada de quinta-feira (4) em João Monlevade/MG.

A Policia descobriu que o roubo dos veículos foi promovido por dois criminosos já devidamente identificados; ambos residem no bairro São Cristóvão em Itabira. Para o cometimento do crime eles alugaram as armas na mão de outros dois indivíduos traficantes no mesmo bairro onde residem.