Quadrilha joga álcool em comerciante e ameaça por fogo

Comerciante de 67 anos viveu momentos de terror ao ter o corpo umedecido com álcool; criminosos ameaçavam atear fogo.

Cinco homens, dois deles armados com um revólver e uma espingarda, assaltaram um estabelecimento comercial num local conhecido como “Lagoa Peti”. O crime aconteceu por volta das 17h desta quinta-feira (11), zona rural de São Gonçalo do Rio Abaixo.

São Gonçalo/MG – Segundo a polícia um comerciante de 67 anos foi amarrado e os criminosos ainda jogaram álcool em seu corpo para forçá-lo a entregar todo o dinheiro do caixa.

Populares perceberam a ação criminosa e acionaram a Polícia Militar de São Gonçalo do Rio Abaixo, que, por sua vez, pediu apoio de militares das cidades de Santa Bárbara e Barão de Cocais para tentar interceptar os marginais durante a fuga.

A vítima contou para os policiais que três indivíduos chegaram ao seu comércio e pediram um refrigerante. Assim que foi para o interior do estabelecimento um dos indivíduos, que estava com um revólver cromado, anunciou o assalto amarrando as mãos e os pés dele com fios elétricos do congelador. Em seguida eles jogaram álcool no corpo dele, para fazê-lo dizer onde estava guardado o dinheiro.

Uma testemunha contou que havia mais dois autores aguardando no veículo Vectra de modelo antigo, na cor prata, que ficou nas proximidades. O veículo foi utilizado para colocar as mercadorias roubadas do estabelecimento.

Segundo a vítima, ele percebeu que apenas dois dos autores estavam armados e que apenas um deles estava com o rosto coberto por uma touca ninja.

A polícia realizou buscas pela região a procura dos criminosos, mas sem obter êxito.

Fonte: Bell Silva/O Popular