Delegado fala da prisão de acusado de explodir caixa eletrônico

Também recai sobre ele crimes cometidos no Vale do Aço

Uma denuncia anônima levou a Policia Civil a prender nesta segunda-feira, 12 de março de 2018, um homem identificado como João Marcos, de 26 anos, que de acordo com o Delegado Paulo Henrique Campos é suspeito de envolvimento em explosão de caixa eletrônico em Jacaraípe, na Serra, no Estado do Espírito Santo. Também recai sobre ele crimes cometidos no Vale do Aço.

Os investigadores da Civil fizeram pesquisa no sistema informatizado e constataram que havia um mandado de prisão em aberto iniciado, no dia 5 de março de 2018, que foi expedido pelo juiz de direito do Estado do Espírito Santo. Desta forma os investigadores foram ao bairro Madre Maria de Jesus, e numa casa na rua Emaús, no bairro Bethânia, em Itabira, os familiares disseram que ele estava trabalhando na Avenida Deputado Jorge Ferraz, no bairro Fênix, próximo da sede do 26° Batalhão.

Chegando ao local constataram que o suspeito estava trabalhando, assim deram voz de prisão, e o recambiaram para a delegacia no bairro Campestre.

O Delegado de plantão Paulo Henrique relatou que o suspeito tem varias passagens por crimes diversos na região do Vale do Aço (de onde seria natural) e no Espírito Santo, mas que não poderia citar quais foram os crimes uma vez que ainda estão sendo levantados.

Após ser ouvido em cartório o acusado seria levado para o presídio de Itabira, na localidade do Rio de Peixe, onde ficará a disposição da Justiça que pode solicitar a sua transferência para o Espírito Santo, onde é oriundo o mandado de prisão.

A reportagem tentou falar com o acusado sobre as acusações que recaem sobre ele, porém, ele se recusou.