Dia da Tontura tem como slogan “Pare de falar labirintite”

Dia da Tontura, 22 de abril, tem como slogan “Pare de falar labirintite”

Crédito: Felício Rocho/divulgação

Para celebrar o Dia da Tontura (22 de abril), que este ano tem como slogan “Pare de falar labirintite”, a Clínica de Otorrinolaringologia, do Hospital Felício Rocho, vai realizar no dia 20 de abril, sexta-feira, às 13h, uma aula aberta ao corpo clínico do hospital. Durante a aula serão explicadas as possíveis causas da labirintite; quais são os transtornos de labirinto que podem ter como sintoma a tontura; e quais são os outros transtornos que a pessoa pode apresentar no organismo e que fazem esse sistema do equilíbrio, incluindo o labirinto, funcionar mal.

BH/MG – Criado pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF), o Dia da Tontura tem o objetivo de conscientizar sobre a existência de diversas doenças do labirinto ou do sistema vestibular, que não podem ser intitulados como labirintite, pois cada uma dessas doenças possui tratamento específico.

Segundo Anna Paula Batista de Ávila Pires, otorrinolaringologista e especialista em Otoneurologia, o objetivo da aula é esclarecer principalmente para os médicos do corpo clínico do Hospital Felício Rocho, que a palavra labirintite é usada tanto pela população quanto por médicos de maneira errada. “Na verdade, qualquer tontura ou sintoma de tontura são definidos como labirintite e o que queremos esclarecer é que nem sempre uma tontura trata-se de uma labirintite”, explica.

Ainda de acordo com a médica, a grande ideia é ressaltar que a labirintite ao pé da letra significa uma inflamação ou uma infecção do labirinto.  Integrando o sistema vestibular localizado no ouvido interno de nossos corpos, o labirinto é um órgão sensorial que nos fornece noções de movimento. “Sendo assim, todo o movimento que a gente faz, esse labirinto processa e manda essa informação de movimento ao cérebro para manter o nosso equilíbrio. Mas qualquer distúrbio no labirinto pode dar como sintoma uma tontura, e não necessariamente esse distúrbio é uma labirintite, que é uma infecção no labirinto”, diz.

Entre os fatores que podem causar a tontura estão a enxaqueca, vertigem postural paroxística benigna, doença de Menière, diabetes, hipertensão, hipoglicemia, colesterol e função tireoidiana descontrolada, consumo excessivo de cafeína e açúcar, e a realização de jejum prolongado.

Serviço:

Dia Mundial da Tontura

Dia: 20 de abril (sexta-feira)

Horário: 13h

Local: Auditório do Núcleo de Ciências do Hospital Felício  Rocho

Endereço: Avenida do Contorno, 9.530, bairro Barro Preto

Luana Moreira

Matéria relacionada

Felício Rocho realiza atendimento gratuito para quem tem problema vocal