Diguerê anuncia filiação ao PRTB para disputar eleições em outubro

Em entrevista à imprensa após o seu pronunciamento ele explicou que o PRTB não exige uma quantidade excessiva de votos, tornando mais fácil a sua chegada à Câmara dos Deputados.

Com a pretensão de disputar as próximas eleições como candidato a deputado federal o vereador Rodrigo Alexandre Assis Silva “Diguerê” utilizou a tribuna da Câmara Municipal na tarde desta terça-feira (10) para anunciar a sua filiação ao Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB).

Itabira/MG – Diguerê foi expulso do Partido Verde (PV) após um desentendimento com o atual presidente da sigla, o ex-prefeito Damon Lázaro de Sena. Segundo o ex-prefeito, o vereador estava indo contra os interesses do partido ao votar favorável aos projetos do atual prefeito Ronaldo Lage Magalhães (PTB).Após um período sem partido, o vereador chegou a negociar com diversas siglas, mas por questões de estratégias preferiu o PRTB. Em entrevista à imprensa após o seu pronunciamento ele explicou que o PRTB não exige uma quantidade excessiva de votos, tornando mais fácil a sua chegada à Câmara dos Deputados.

“Neste período eu tive a oportunidade de estudar vários projetos de alguns partidos e vi uma boa condição de filiar ao PRTB […] E o interessante é que o partido tem montado uma boa base para as eleições de 2018, os veículos [imprensa] já comunicaram a minha pré-candidatura que passa por mais discussões com outras lideranças, com o pé no chão. Mas numericamente pesou muito mais a minha ida pro partido”, reconheceu o vereador.

Filiação de Diguerê ao PRTB divide partido na Câmara

A filiação de Rodrigo Diguerê ao PRTB representará uma divisão de ideais políticos na Câmara Municipal. Isso porque o vereador Agnaldo Vieira Gomes “Enfermeiro”, também filiado ao partido se declarou oposicionista ao governo do prefeito Ronaldo Lage Magalhães (PTB). No entanto, na opinião do novo membro da sigla a diferença entre os vereadores não prejudicará o seu trabalho.

Ao ser questionado pela imprensa sobre a relação que os dois terão, Diguerê foi diplomático.

“Ainda vamos sentar para conversar com o vereador Agnaldo, mas eu tenho visto que ele está fazendo um trabalho inteligente, de modo consistente e nós podemos ajuda-lo nesta construção. O meu objetivo é trabalhar pela cidade, a minha ida ao partido não vincula meu voto ao dele, eu tenho as minhas convicções e nós podemos ter um debate interno para definir os votos, mas o meu objetivo é trabalhar pela cidade, então, os projetos que vierem do Executivo para ajudar a população terá o meu voto favorável”, destacou o vereador.