Felício Rocho realiza atendimento gratuito para quem tem problema vocal

Semana Nacional da Voz: campanha chama a atenção para a saúde vocal com atendimento gratuito a pacientes

Crédito: Felício Rocho/divulgação

A voz pode fazer toda a diferença em qualquer situação. Em comemoração à Semana Nacional da Voz, a equipe de otorrinolaringologia do Hospital Felício Rocho irá realizar no dia 20 de abril (sexta-feira), de 14h às 18h, atendimentos gratuitos de pacientes que possuem queixas vocais. Serão realizadas consultas para avaliação clínica e, se necessário, será feito o exame de videolaringosocopia. No local também serão distribuídas senhas por ordem de chegada e as senhas serão limitadas.

BH/MG – O câncer da laringe (pregas vocais ou cordas vocais) corresponde a 25% dos tumores diagnosticados nessa região e 2% de todas as doenças malignas. Segundo dados do INCA – Instituto Nacional do Câncer, a estimativa de 2016 é que foram computados 7.350 novos casos, sendo 6.360 em homens e 990 em mulheres. A avaliação de novos casos para 2018 são de 7.670, sendo 6.390 em homens e 1.280 em mulheres.

Segundo a médica Otorrinolaringologista, Elisa Lin Plec, o exame de videolaringosocopia tem como objetivo a visualização das pregas vocais e regiões adjacentes e indica se há alguma lesão benigna ou alguma imagem que sugira câncer na laringe que esteja influenciando a produção vocal. “A campanha tem o objetivo de alertar a população sobre os principais cuidados com a voz e importância da prevenção de doenças vocais”, ressalta.

O Dia Nacional da Voz alerta a população sobre a importância dos cuidados vocais e do diagnóstico correto e precoce de doenças como câncer de laringe. Esse é um evento de abrangência mundial, sendo que no Brasil a ação é organizada pela Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV), em parceria com a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF), e instituições públicas e privadas.

Ainda de acordo com a médica Elisa Plec, a voz é a identidade do indivíduo, quando ela se encontra alterada há repercussões na qualidade de vida e na rotina do paciente.  Sintomas como rouquidão, cansaço ao falar, dor na garganta por mais de duas semanas devem ser investigados. “É importante a avaliação de um profissional especializado para que possam ser identificadas lesões precoces nos quais a intervenção imediata pode trazer cura, como no caso do câncer de laringe, que se detectado precocemente tem chance de cura de mais de 90% dos casos”, explica.

Serviço:

Semana Nacional da Voz

Dia – 20 de abril (sexta-feira)

Horário: 14h às 18h

Local: Hospital Felício Rocho – Rua Uberaba, 500, Barro Preto

Luana Moreira – Depto. Jornalismo