BR 381 fechada com a manifestação de caminhoneiros

Também há registro de interdição na BR-040, altura do km 614, em Congonhas.

Centenas de caminhoneiros promovem uma manifestação no KM 361, da BR-381, na altura de João Monlevade. O preço alto dos combustíveis seria o causador da paralisação. 

BR 381/MG – Os motoristas impedem a passagem de veículos de carga desde as 23h de ontem (13) segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF).A paralisação ocorre às margens da rodovia, perto do posto Marfim. O trânsito é livre para carros de passeio, coletivos e especiais. Ainda conforme a PRF, há registro de interdição na BR-040, altura do km 614, em Congonhas.

 

Segundo relatos de motoristas que estão parados no local, durante a madrugada houve tentativa de alguns colegas em furar o bloqueio e por isso, tiveram seus veículos apedrejados. Um dos veículos teve o para-brisas e faróis quebrados. Para tentar impedir a passagem de veículos de carga, os manifestantes cortaram as mangueiras de ar de uma carreta, o que impede o veículo de rodar, próximo do trecho conhecido como “Ponte Coronel”bloqueando parcialmente a pista. No local nenhum dos caminhoneiros assumia a liderança do movimento.

A PRF acompanhou a movimentação durante toda a madrugada. Segundo os caminhoneiros foram orientados por ela a não bloquearem a pista, impedindo a passagem de carros de passeio, ônibus, veículos de emergência e de transporte de passageiros.

Os caminhoneiros protestam contra o aumento do preço do combustível. Este é o segundo protesto da categoria em menos de uma semana.

Fonte: Bell Silva/O Popular