Lojistas pensam em suspender atividades neste sábado

CDL Itabira defende que o comércio seja aberto

Crédito: CDL Itabira

Alguns empresários procuraram a direção da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Itabira na manhã desta sexta-feira (25) com a intenção de fecharem as portas de suas lojas no sábado (26) devido aos reflexos da greve dos caminhoneiros, que vem prejudicando o estoque em alguns setores e também a movimentação nas ruas da cidade, devido à falta de combustível para os automóveis e a circulação regulada do transporte público.

Itabira/MG – O posicionamento da direção da CDL Itabira é que os comerciantes mantenham as lojas abertas. De acordo com o presidente da instituição, Maurício Henrique Martins, não há motivo para desespero e medidas radicais no momento.

“Nós reunimos a direção da CDL nesta sexta e decidimos incentivar os comerciantes a abrirem normalmente suas lojas. Não justifica uma medida drástica. Entendemos a situação de algumas empresas que não têm estoque, mas aquele comerciante que ainda tem o que vender pedimos que se esforce para continuar movimentando a economia”, disse Maurício Martins.

A greve dos caminhoneiros gerou grandes impactos em Itabira. Além do comércio, com esvaziamento das prateleiras, principalmente de produtos perecíveis, os postos de gasolina estão sem combustível e os fornecedores de gás também estão sem estoque. A Prefeitura decretou ponto facultativo em todos os seus setores e a Vale dispensou seus funcionários do setor administrativo. A esperança, segundo Maurício Martins, “é que o problema seja solucionado ainda neste final de semana”.