Manutenção de estradas rurais pode ser intensificada

Vereadores aprovam projeto que permite intensificar manutenção das estradas rurais

Acom/CMI

Empréstimo de R$ 300 mil junto ao Banco do Brasil, aprovado pela Câmara Municipal de Itabira nesta terça-feira, será usado na compra de um caminhão.Itabira/MG – Um empréstimo de R$ 300 mil, pleiteado pela Prefeitura de Itabira para a aquisição de um caminhão-pipa a ser usado na manutenção das estradas rurais, foi aprovado pela Câmara Municipal nesta terça-feira, 15 de maio. O Projeto de Lei 30/2018 prevê a operação de crédito junto ao Banco do Brasil, com prazo de 60 meses para pagar e seis meses de carência.

O caminhão-pipa vai integrar a frota de máquinas e equipamentos que atua nas estradas vicinais, numa força-tarefa que visa restabelecer o acesso seguro em diversas comunidades. Castigadas pelas chuvas dos últimos meses, as estradas de terra têm motivado reiteradas discussões entre os vereadores nas reuniões ordinárias.

Ao defender a proposta, o líder do Governo Carlos Henrique Silva Filho, Carlin (Pode), disse que as prestações do financiamento ficarão mais baratas do que uma locação – e no final, o veículo será da Prefeitura. O projeto recebeu 14 votos favoráveis, um contrário e uma abstenção.Minha Casa Minha Vida
Os vereadores aprovaram também o Projeto de Lei 22/2018, que trata da contrapartida que o Município fará ao projeto de construção dos 400 apartamentos populares pelo programa Minha Casa Minha Vida. O aporte de R$ 4 milhões será repassado ao Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), gerido pela Caixa Econômica Federal, para complementar o valor global da obra.

No início deste ano, a Câmara já havia aprovado a doação de três terrenos públicos ao FAR, localizados nos bairros Barreiro (18.544 m²), Fênix (7.889 m²) e Abóboras (18.320 m²), onde serão construídos os imóveis. Os conjuntos habitacionais são destinados a famílias com renda familiar de até três salários mínimos.

Ex-combatente
Compôs a pauta da reunião ainda o Projeto de Lei 38/2018, que institui 2018 como “Ano Municipal do Centenário de Sylvio Martins Lage”. Nascido em 30 de julho de 1918, Sylvio Lage foi combatente na Segunda Guerra Mundial entre 1944 e 1945, quando a Força Expedicionária Brasileira esteve na Itália.

Durante os tempos de conflito, o 2º Tenente gerenciou frotas de caminhões e tanques blindados. Depois da guerra, voltou ao Brasil e reiniciou sua vida civil, trabalhando na Acesita até se aposentar. As cinzas do ex-combatente, que morreu em março do ano passado, foram depositadas no dia 4 de maio na Praça dos Expedicionários.

Segurança Alimentar e Mobilidade
Outros dois projetos que tratam da Política de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável no Município de Itabira, desta vez, foram aprovados. Os PLs 32/2018 e o 36/2018 alteram a estrutura de conselho e promovem algumas mudanças técnicas.

Em segundo turno, os vereadores ratificaram o Plano Diretor de Mobilidade Urbana de Itabira (Projeto de Lei 37/2017), que propõe disciplinar o crescimento da cidade considerando transporte público, privado, de passageiros e de cargas. Sem o plano, Itabira ficaria impedida de receber recursos federais para obras de infraestrutura viária.