Ministro elogia modelo de gestão da CBT e estuda aplicá-lo no Centro Olímpico no Rio

Leandro Cruz conheceu as instalações da entidade em Florianópolis e os programas da Confederação

Presidente da CBT, Rafael Westrupp, entregou uma placa ao Ministro pela luta contra a MP841/Crédito: Francisco Medeiros

O presidente da Confederação Brasileira de Tênis, Rafael Westrupp, recepcionou o Ministro do Esporte Leandro Cruz, nesta sexta-feira, 31, na sede da entidade, em Florianópolis. O representante do Ministério, que assumiu a pasta em abril deste ano, visitou as instalações da CBT e conheceu a estrutura, que divide espaço com a Federação Catarinense de Tênis, através de uma parceria com a Prefeitura Municipal, para ver a viabilidade de aplicar o mesmo modelo de gestão no Centro Olímpico de Tênis, no Rio de Janeiro.

“Foi muito interessante essa visita do Ministro. Ele veio conhecer nosso modelo de gestão da CBT e da Federação Catarinense para ver a possibilidade de implementá-lo no COT. Isso mostra que nossa gestão está servindo de modelo para o Ministério do Esporte, que pretende fazer do COT um legado dos Jogos Olímpicos de 2016, assim como nossa estrutura é um legado da Copa Davis de 2001”, afirmou Westrupp, que também apresentou ao Minsitro os programas desenvolvidos pela CBT.
.
O Ministro Leandro Cruz ficou bastante entusiasmado com a visita e com o modelo de gestão da CBT, que engloba desde projetos sociais até o tênis de rendimento. “A CBT faz um excelente trabalho de gestão que pode se referência para todo o Brasil, para o legado olímpico, para as instalações que ficaram da Olimpíada. Porque consegue juntar o esporte de participação, o projeto social com a transição para o esporte de alto rendimento. Atende a diversas crianças, com aptidão ou não para o esporte, até oportunizar aqueles que contam com um talento especial”, afirmou o Ministro do Esporte Leandro Cruz.