Vereador tem encontro com Bombeiros para entender proibição de jogos no Valério

O time não está podendo realizar seus jogos no estádio Israel Pinheiro

O vereador Rodrigo Alexandre Assis Silva “Diguerê” (PRTB) disse à imprensa na reunião da Câmara Municipal desta terça-feira (25) que tem um encontro com representantes do Corpo de Bombeiros na próxima sexta-feira (28) para entender os motivos que levaram o Valério a não realizar seus jogos no estádio Israel Pinheiro. De acordo com o vereador, é preciso realizar um trabalho com o apoio do Poder Público, na tentativa de ajudar o time a trazer os jogos para o município.

Itabira/MG – “Sexta-feira tem uma agenda, com o Corpo de Bombeiros, para entendermos com mais eficiência, com mais profundidade quais são os verdadeiros entraves que impedem o Valério de jogar em Itabira. A partir daí, compreendendo tudo isso, fazer um trabalho junto aos vereadores, ao Executivo, para que o Valério volte a jogar aqui. Estive em São Gonçalo, fazendo uma visita e na oportunidade assisti ao jogo e vi vários itabiranos, uma média de 400 itabiranos, mas tenho certeza que se estivéssemos em Itabira teríamos um número muito maior, com uma torcida empurrando o time. O Valério é um patrimônio cultural da nossa cidade e será muito bom se conseguirmos trazer os jogos de novo para Itabira”, disse o vereador.

O problema do clube vem se arrastando a meses. O Corpo de Bombeiros não concedeu à direção do clube o auto de vistoria (AVCB), alegando irregularidades em relação às normas de prevenção a incêndio e pânico. Além disso, a corporação exigiu do time uma área especifica para abrigar a torcida adversária. Este local deve ser separado por barreira física, ter banheiros, lanchonetes ou vendedores ambulantes, bilheteria própria e passagem independente.