Audiência pública debate captação de água no Rio Tanque

De acordo com Solimar Silva, a execução do projeto é aproximadamente R$ 80 milhões.

Está marcada para próxima quarta-feira (10), as 17h, uma audiência pública na Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA), para debater a possibilidade de captação de água no Rio Tanque. O encontro foi divulgado pelo vereador Solimar José da Silva (SD) durante a reunião ordinária realizada eventualmente nesta sexta-feira (5) devido ao feriado do dia 9 de outubro, aniversário da cidade.

Itabira/MG – A audiência pública, segundo explicou o vereador, servirá para debater a possibilidade de realização de uma Parceria Público-Privada (PPP) para promover a capitação da água. De acordo com Solimar Silva, a execução do projeto é aproximadamente R$ 80 milhões.

“A PPP é interessante, no meu ponto de vista, mas precisamos definir com a população, por que é um projeto caro e o Município não tem condições de fazer, é algo em torno de R$ 80 milhões, então, será discutido a possibilidade de uma empresa particular captar essa água e repassar para o SAAE [Serviço Autônomo de Água e Esgoto]”, disse ele.

Solimar Silva é fundador e coordenador do Grupo da Água, criado em 2012 para debater as soluções de abastecimento do município. Na época três projetos foram debatidos como os principais para resolver a solução da falta d’água em Itabira. O primeiro deles, já concluído, capta água do Rio de Peixe, o segundo, em execução, capta da Barragem Santana e tem previsão para concluir no meio do ano que vem. O terceiro e consequentemente o mais caro, ainda não foi iniciado, que é justamente o que busca água no Rio Tanque.

“Temos informações que essa capitação [Rio Tanque] vem sendo discutida a anos, foram inclusive contratadas empresas para avaliar a melhor solução […] foram estudados 17 locais e o mais viável seria o Rio Tanque, esses 500 litros por segundo é para abastecer a população, mas temos que pensar na vinda de empresas para o nosso município e a audiência pública é justamente para isso é o momento adequado”, ressaltou o vereador.