Mapeamento vai traçar segurança na zona rural

Uma reunião realizada nesta terça (4) deu início ao plano de enfrentamento à violência

O Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater) e a Associação Comercial, Industrial de Serviços e Agropecuária de Itabira (Acita) criaram uma comissão para traçar metas de segurança aos proprietários rurais da região, que vem sofrendo com o grande índice de furtos e roubos.

Itabira/MG – Uma reunião realizada nesta terça-feira (4) deu início às discussões do plano de enfrentamento à violência, que contará com a participação ativa da Polícia Militar, segundo informações repassadas à imprensa pelo presidente do Conselho de Desenvolvimento Rural, vereador Reginaldo Santos (PTB).

“Criamos uma comissão para definir um plano de segurança rural, uma das metas é que haverá um mapeamento das propriedades rurais por geoprocessamento, então, essa equipe e algumas empresas parceiras, como a Cenibra e também a Policia Militar, que fará um trabalho diferenciado na segurança rural”, contou o vereador.

Reginaldo Santos evitou falar quais são os planos que serão traçados. Segundo ele, estas estratégias ficarão à cargo da Polícia Militar.

“Estamos fazendo um levantamento primeiro. A PM é parceira e ninguém entende melhor de segurança do que a Policia Militar, então, vamos fazer este levantamento para ver depois as ações que deverão ser executadas”, resumiu o presidente do conselho.