Tráfico: PF cumpre mandados em Monlevade e Barão

Os mandados de prisão foram contra traficantes membros de uma quadrilha que atua no estado

Está em andamento nesta terça-feira (18) nas cidades de João Monlevade, Barão de Cocais, Itabirito, Ouro Branco e em Belo Horizonte uma operação da Polícia Federal (PF) para cumprir mandados de prisão contra traficantes membros de uma quadrilha que atua no estado.

Ao todo são sete mandados de prisão preventiva e sete de busca e apreensão.

No curso das investigações, batizada de “Operação Minério”, alguns dos envolvidos foram presos em flagrante com diferentes tipos de drogas. Segundo a PF foram identificados também dois laboratórios clandestinos localizados em propriedades rurais. Esses locais não foram divulgadas até o momento.

Nesses locais havia grande quantidade de insumos químicos em pó de cor branca, incluindo dipirona, polvilho e bicarbonato de sódio; vasilhames de éter e acetona; liquidificadores industriais; balança de precisão; embalagens plásticas; fitas adesivas; equipamentos para medição de “ph”; valores em dinheiro; e armas de fogo em situação irregular.

O conjunto de materiais encontrado levantou fortes indícios de se tratar de lugares voltados para a manipulação e a adulteração de cocaína. Alguns presos são membros do grupo que teria se dedicado à distribuição de drogas de maneira assemelhada a um delivery convencional, recebendo pedidos de drogas e acertando a entrega em lugares previamente combinados, ou, ainda, vendendo nos ambientes que costumavam frequentar.

Os envolvidos vão responder pelos crimes de tráfico de drogas e organização criminosa, cujas penas máximas podem chegar a 15 e 10 anos de reclusão, respectivamente.

Fonte: Bell Siva/O Popular