Metabase Itabira declara luto por Brumadinho

A decisão partiu pelas mortes confirmadas de trabalhadores da empresa Vale, que o sindicato representa.

O Metabase Itabira declarou luto oficial por tempo indeterminado. A decisão partiu pelas mortes confirmadas de trabalhadores da empresa Vale, que o sindicato representa. “Não apenas pela morte dos trabalhadores da Vale, mas pelos companheiros das empresas terceirizadas que prestavam serviços, pelos moradores que tinham como vizinho uma barragem gigante de lama que os matou e pelos visitantes que foram conhecer as belezas daquela região e foram mortos pela inoperância e ganância de uma empresa que fez o mesmo em outra cidade (Mariana)” disse André Viana, presidente do Metabase.

O Metabase Itabira envia nesta quarta-feira (30) membros da diretoria à Brumadinho. Eles irão conhecer e levantar mais detalhes sobre a tragédia. A comitiva terá um encontro com Agostinho José de Sales, presidente do Sindicato Metabase de Brumadinho. De acordo com Carlos Estevam “Cacá”, vice-presidente e coordenador da comitiva, o encontro com o presidente do Metabase de Brumadinho será para “levar ao conhecimento dele os detalhes da reunião com outras instituições representativas de classe ocorrida no sábado (26) na sede do Metabase Itabira”. Nesta reunião discutiu-se uma cobrança mais intensa aos governos Federal e Estadual sobre um posicionamento de suas atuações na fiscalização do licenciamento das barragens em Minas Gerais. O vice-presidente ainda destacou que é necessário “definir ações de curto, médio e longo prazo para melhorias dentro do processo de exploração de minério e segurança do trabalhador.

André Viana, em tom de indignação, questionou a empresa alemã TUV-Sud: “Essa empresa, que presta serviços de auditoria especializada em inspeção de barragens, disse há cinco meses atrás que estava tudo bem, que a barragem era segura, inclusive com a concordância da Vale. Hoje, vimos que tudo foi uma grande falácia. Quem está mentindo? Quem vai pagar por este erro? Quem vai pra cadeia? Quem levantará a mão e se anunciará como culpado? O  Metabase Itabira está preparando ações “de cobrança incisiva de esclarecimentos detalhados, sobre a real situação das barragens que cercam nossa cidade e tanto amedrontam nossa população. O povo clama por essas ações imediatas e concretas. Será que somente a Vale não ouve?” encerrou.

Matérias relacionadas 

Metabase Itabira conhece de perto a tragédia em Brumadinho

Metabase Itabira declara luto por Brumadinho

Equipe da CRMV-MG resgata 36 animais em Brumadinho

Vale em Itabira não para, diz nota

Engenheiro preso ganhou prêmio por estudo no Itabiruçu

Vereador convida gerentes da Vale em Itabira para esclarecer sobre barragens

Civil prende engenheiros que prestaram serviço à Vale

Corpo de itabirano é localizado após desastre ambiental

60 mortos e 292 desaparecidos em Brumadinho

Ronaldo vai cobrar da Vale diagnostico das Barragens em Itabira

Brumadinho: Sirenes são acionadas durante a madrugada

Sindicato dos Vigilantes cobra da Vale e autoridades urgência em Brumadinho

Brumadinho ainda tem 299 pessoas desaparecidas

Rompimento de barragem em Brumadinho aumenta alerta em Itabira

Nota do Metabase sobre rompimento de barragem em Brumadinho

Justiça bloqueia R$ 1 bilhão da Vale

Rompimento de barragem em Brumadinho