Alunos da Una revitalizam casa de família carente

Projeto inovador da Faculdade quer levar conceitos da Arquitetura e Urbanismo para dentro das casas da população de baixa renda

Divulgação

Um dos diferenciais da metodologia de ensino da Una é promover a formação profissional cidadã e incentivar que desde os primeiros anos de curso, o aluno coloque em prática o que aprende em sala de aula. Um exemplo dessa boa prática é o case Revita, que integra o Projeto de Extensão Start2B, desenvolvido por alunos do curso de Arquitetura e Urbanismo da Una Itabira.

O projeto nasceu do desafio de promover arquitetura acessível para a população de baixa renda da cidade. A partir daí, com supervisão dos professores da Una, os alunos do primeiro período do curso colocaram a mão na massa: fizeram o projeto, buscaram parcerias para fornecimento de material e de mão-de-obra e transformaram uma residência no bairro Fênix, região carente de Itabira. O imóvel estava em estado crítico, com pouca iluminação e ventilação, piso de terra batida, telhado com rachaduras, entre outros problemas. Foram 12 dias de reforma e de muito trabalho sob o comando de educadores e estudantes da Una, e que envolveu também moradores da comunidade que ajudaram na reforma, comerciantes e a Prefeitura local.

No fim de janeiro deste ano, a obra foi concluída com sucesso. De acordo com os alunos que atuaram no projeto, a experiência de participar de uma reforma logo no primeiro ano do curso trouxe novos ânimos e aspirações. Eles destacaram a importância de levar a Arquitetura para residências de baixa renda, desmistificando a ideia de que os recursos que ela oferece é acessível apenas para quem pode pagar. “Ficamos com a sensação de missão cumprida por realizar mais do que os moradores esperavam. Também queríamos poder fazer mais para ajudar essas pessoas. Não queremos parar por aqui, temos o sonho de continuar esse nosso projeto”, destaca a professora do curso de Arquitetura e Urbanismo da Una Itabira, Daniela Cristina Rocha.

Os alunos integrantes do Revita buscam agora novos desafios com base na expertise adquirida nesta primeira experiência prática. Eles pretendem transformar o projeto em uma Startup voltada para o empreendedorismo social. Para isso, procuram por novos parceiros que queiram investir nessa empreitada que pretende mudar a vida de muitas outras famílias.

Sobre o Revita

O projeto Revita foi desenvolvido por quatro alunos do curso de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade Una Itabira: Carlina, Elyza, Júlio e Thamires e  tem como tutora a professora Daniela Rocha Ribeiro.