ROTA DE FUGA, placas são instaladas

Os primeiros locais a receberem as placas foram os bairros Campestre, Bela Vista, Nova Vista e Rio de Peixe

Teve início a instalação de 93 placas indicativas de rota de fuga, para a população seguir, em caso de rompimento de barragens na cidade de Itabira (MG).

Os primeiros locais a receberem as placas foram as ruas dos bairros Campestre, Bela Vista, Nova Vista e também na localidade do Rio de Peixe. Este último bairro fica bem abaixo da Barragem do Itabiruçu, que possui volume superior da 220 milhões de toneladas de rejeito. (Vale dá início ao Plano de Ação de Emergência de Barragens)

Uma empresa que foi contratada pela Vale, juntamente com funcionários da própria Mineradora e a equipe da Defesa Civil de Itabira iniciaram nesta quarta-feira (13) nos bairros Campestre e Bela Vista a instalação das referidas placas indicativas.

Entrada do BelaCamp

Uma das placas foi instalada na entrada do Parque BelaCamp, local com grande movimentação de pessoas para a pratica de esportes diversos, bem como na Avenida Cauê e nas ruas Itabirito e Martita.

O rejeito de minério fica a poucos metros das ruas citadas acima. No local tem um talude que comporta o rejeito oriundo da usina denominada Centralizada/Vale, passando pela Grota do Minervino e seguindo em direção a Barragem do Pontal.

As placas estão sendo instaladas – como foi informado pelas equipes que visitaram as residências e comércios situados nas ZAS (Zonas de Auto Salvamento) – e isso aconteceu nas últimas duas semanas. Durante as visitas eles explicavam sobre o Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM).

Nossa reportagem verificou que o próximo passo dos trabalhos será a emissão do som da sirene (como teste) dentro de um simulado. Para isso a população será informada através da mídia e imprensa local, bem como um carro de som que vem passando pelos bairros e ruas informando sobre os trabalhos que estão sendo realizados nos referidos locais.

Em caso de dúvidas foi disponibilizado o telefone 0800-039-6010 e o email duvidas.barragens.itabira@vale.com.

Matérias relacionadas 

Vale dá início ao Plano de Ação de Emergência de Barragens

STJ libera funcionários da Vale presos após rompimento de barragem

Vale anuncia a vereadores que vai implantar Plano de Ação

Barragem do Itabiruçu tem movimentação intensa em Itabira 

Itabiranos passarão por treinamento de fuga caso barragem se rompa

Presos oito funcionários da Vale, um em Itabira

Itabiruçu recebe Fiscalização Federal do CREA-MG

Porta fechada; Vale reúne Defesa Civil, Bombeiros e Meio Ambiente da PMI

Câmara aprova audiência pública sobre barragens

Barragens: Interassociação de bairros cobra explicações da Vale

Gerente geral da Vale em Itabira deve ir à Câmara no dia 19

Civil prende engenheiros que prestaram serviço à Vale

Corpo de itabirano é localizado após desastre ambiental

60 mortos e 292 desaparecidos em Brumadinho

Ronaldo vai cobrar da Vale diagnostico das Barragens em Itabira

Brumadinho: Sirenes são acionadas durante a madrugada

Sindicato dos Vigilantes cobra da Vale e autoridades urgência em Brumadinho

Brumadinho ainda tem 299 pessoas desaparecidas

Rompimento de barragem em Brumadinho aumenta alerta em Itabira

Nota do Metabase sobre rompimento de barragem em Brumadinho

Justiça bloqueia R$ 1 bilhão da Vale

Rompimento de barragem em Brumadinho

Written by Átila Lemos