Possível saída de Minas da Mercedes-Benz motiva reunião

Comissão do Trabalho, da Previdência e da Assistência Social vai a Juiz de Fora, nesta segunda (15), discutir o assunto.

Deputados têm reunião em Juiz de Fora nesta segunda (15) - Foto: Guilherme Bergamini/ALMG

Debater a possibilidade de a montadora Mercedes-Benz transferir suas atividades em Minas Gerais para outros estados. Esse é o objetivo de audiência pública que a Comissão do Trabalho, da Previdência e da Assistência Social da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realiza, nesta segunda-feira (15/4/19), às 13h30, na Câmara Municipal de Juiz de Fora (Rua Halfeld, 955, Centro).

A atividade foi solicitada pelos deputados Celinho Sintrocel (PCdoB), que preside a comissão, Betão (PT) e Coronel Henrique (PSL). De acordo com os parlamentares, há possibilidade de a Mercedes-Benz mudar suas atividades para São Paulo ou para o Espírito Santo.

Segundo Celinho, essa questão traz grande preocupação. “Uma decisão desse porte pode multiplicar o desemprego, pois a unidade hoje emprega cerca de 1,5 mil trabalhadores. Pode ainda reduzir drasticamente a atividade econômica no Estado, que já vem sofrendo com os problemas na mineração, e comprometer ainda mais a arrecadação estadual e também de cidades situadas na Zona da Mata, com graves repercussões na vida da população”, salientou o parlamentar.

A unidade de Juiz de Fora completa, neste mês, 20 anos de existência. Foi a primeira fábrica da marca fora da Alemanha. Segundo matéria divulgada pelo Jornal O Tempo, no último dia 10 de março, a montadora diz ter interesse em permanecer no município. Apesar disso, estuda levar para o porto de Vitória, no Espírito Santo, o desembaraço da Sprinter, van que vem da Argentina e é nacionalizada no porto seco da cidade mineira.

A direção da empresa confirma também que a montagem do caminhão Actros vai mudar para São Bernardo do Campo, em São Paulo. Essas notícias têm gerado apreensão na população da cidade e em autoridades mineiras.

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia informou, por meio de nota, que está em contato com a Mercedes-Benz e que trabalha para que não haja redução e nem paralisação das atividades em Juiz de Fora. De acordo com a nota, a empresa deve manter suas iniciativas no local, sobretudo, a fabricação de cabinas de caminhões.

Convidados – Foram convidados para a reunião autoridades estaduais como o secretário de Estado de Governo, Custódio Antônio de Mattos, e municipais, como o prefeito de Juiz de Fora, Antônio Carlos Guedes Almas. Também foram chamados representantes da Mercedes-Benz e de metalúrgicos e de trabalhadores.

A reunião será transmitida ao vivo pela página da Assembleia no YouTube.