‘Vencemos mais uma etapa’, diz Neidson sobre PPP Rio Tanque

Líder do governo, Neidson Freitas (PP) comemorou aprovação do projeto.

O líder do governo na Câmara, vereador Neidson Dias Freitas (PP) comemorou a aprovação do projeto de lei 26/2019, que autoriza o município a celebrar Parceria Público-Privada (PPP) para resolver o problema de abastecimento de água no município, o chamado PPP do Rio Tanque.

Segundo o vereador, apesar das manifestações contrárias por parte dos oposicionistas a aprovação do projeto põe fim à mais uma “protelação” na resolução de um problema de infraestrutura, que segundo ele se arrasta desde a década de 1990.

“A questão da água é urgente, sabemos que existem mais de 15 estudos, desde 1993 e todos apontam o rio Tanque como uma das alternativas [de abastecimento]. O ribeirão São José seria uma medida mais barata, realmente, seria mesmo, mas seria mais um paliativo, não resolveria definitivamente a questão da [falta de] água”, declarou o líder do governo.

A matéria foi levada ao plenário sob fortes manifestações contrárias do público, composto em sua  maioria por servidores da Empresa de Desenvolvimento de Itabira (Itaurb). Na votação, apenas os vereadores Weverton Andrade ‘Vetão’ (PSB) e Reginaldo Santos (PTB) foram contrários ao projeto, que promete colocar um fim no problema de abastecimento de água no município. “Se lá atrás, tivesse sido feita uma única ação, como essa do Rio Tanque, teríamos economizado dinheiro com apenas uma obra […] A previsão era R$ 97 milhões para fazer esta obra e governo municipal não tem condições de fazer, com a PPP essa obra cai para R$ 53 milhões, a PPP é o que há de moderno no mundo inteiro. Guanhães, Belo Horizonte e várias outras cidades já tem seu sistema  de capitação de água feito por este meio”, declarou Neidson Freitas.