Circuito do Sabor tem plantas alimentícias como ingrediente

Cada estabelecimento participante terá que usar a criatividade para surpreender com pratos elaborados especialmente para o festival.

Acita/divulgação

A Acita – Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agropecuária de Itabira lançou oficialmente o Circuito do Sabor 2019, na noite desta segunda-feira, 13 de maio. O maior festival gastronômico da região acontece entre os dias 1 e 31 de julho e terá como ingrediente obrigatório  na preparação dos pratos as PANCs – Plantas Alimentícias Não Convencionais. Cada estabelecimento participante terá que usar a criatividade para surpreender com pratos elaborados especialmente para o festival.O evento contou com a presença de empresários do setor de alimentação que poderão se inscrever para participar do festival gastronômico até o dia 20 de maio. Ao todo estão disponíveis 20 vagas. Algumas já foram preenchidas na noite do lançamento.

Na abertura do evento o presidente da Acita, Eugênio Müller, lembrou que o setor de gastronomia é importante para promover a diversificação econômica no município e pode cada vez mais atrair turistas para Itabira.O Circuito do Sabor foi desenvolvido pela Acita em 2005 para fomentar a economia, incentivando a indústria criativa, por meio do segmento da gastronomia. O evento estimula o empreendedorismo e a inovação, gerando emprego e renda no município.

Os participantes do festival serão avaliados nos seguintes itens: comida, temperatura da bebida, atendimento e higiene. Todos passarão por avaliação de uma equipe técnica, formada por chefs de cozinha, uma equipe de convidados e por votação popular, por meio do site www.circuitodosabor.com.br.

Durante o lançamento da 14ª edição do Circuito do Sabor, a chef de cozinha e professora de gastronomia, Isadora Silva apresentou as diversas possibilidades de utilização das PANCs. De acordo com ela no Brasil existem cerca de 10 mil espécies de plantas com potencial alimentício, contudo utilizamos em nossa alimentação apenas 300.

Isadora lembrou que algumas PANCs são mais comuns e até são utilizadas no dia-a- dia como o umbigo de banana, a taioba, ora pro nobis, hibisco, dentre outras. Já determinadas hortaliças eram utilizadas pelos nossos antepassados, nossos avós e foram esquecidas ao longo do tempo. Para a Chef a utilização das plantas possibilita a variação no cardápio e pode surpreender pelo sabor e pelo potencial de vitaminas e proteínas. “Utilizar as plantas não convencionais amplia nosso repertório de gustação e ajuda a criar receitas novas” disse Isadora.

“As PANCs são alimentos que trazem uma versatilidade muito grande no preparo, que pode ser desde geleias, recheio ou até mesmo como acompanhamento na preparação de bolinhos, lasanhas e ainda podem possibilitar novos sabores para os clientes”, afirmou Isadora durante o lançamento.

Neste ano o Circuito do Sabor conta como patrocinador máster a Supergasbrás, que fez uma apresentação no lançamento, mostrando todo o potencial da empresa atuante em Itabira há mais de 13 anos. O festival tem ainda as parcerias da Funcesi e do Hortifruti e Frigorífico Central.

Written by Michele