Moradores relatam sobre sirene da Vale tocando em Itabira

Moradores de Itabira, na região Central de Minas Gerais, relataram sobre o toque repicado de sirene na área operacional da Mineradora Vale na cidade.

Na manhã desta sexta-feira, 14 de fevereiro de 2019, por volta das 10h30 a reportagem do Site Átila Lemos recebeu relatos sobre sirenes tocando. O comunicado foi feito por moradores dos bairros Jardim das Oliveiras e Nova Vista, que fazem divisa com as áreas de rejeito de minério da Vale que desce da Grota do Minervino até a Lagoa do Pontal (Barragem do Pontal).

Nos relatos dos moradores um deles perguntou para nossa equipe se havia alguma informação sobre testes nas torres de sirenes instaladas em pontos da região, ou se era um alerta real sobre as barragens. Já outro morador relatou que a sirene tocou bem alto, com um som constante, dava uma parada e depois repetia novamente. Isso por cerca de cinco vezes consecutivas.

Diante dos relatos nossa equipe chegou a ir até a região que faz divisa entre as ruas do bairro Jardim das Oliveiras com a área da Mineradora Vale, porem não foi escutado nenhum disparo de sirene e tudo estava normal na região.

Na semana passada nossa reportagem foi em vários pontos da cidade para verificar as tais torres de sirene e constatou que algumas delas já estão equipadas, com célula de capitação de energia solar, cornetas e outros equipamentos de transmissão do sistema.

Existem torres ao longo da Grota do Minervino, na região do bairro Bela Vista, na quadra de skate do Juca Batista, no loteamento Jardim Universitário, na Ribeira de Baixo, extensão da Rua Humberto Campos no bairro João XXIII, entre outras.

Até o momento não recebemos informações por parte da assessoria da Mineradora sobre o inicio efetivo dos testes destas torres e do plano de contenção e evacuação.

Matérias relacionadas 

Presos oito funcionários da Vale, um em Itabira

Itabiruçu recebe Fiscalização Federal do CREA-MG

Porta fechada; Vale reúne Defesa Civil, Bombeiros e Meio Ambiente da PMI

Câmara aprova audiência pública sobre barragens

Barragens: Interassociação de bairros cobra explicações da Vale

Gerente geral da Vale em Itabira deve ir à Câmara no dia 19

Vereador quer audiência para Vale falar das barragens de Itabira

Prefeito tranquiliza população sobre barragens itabiranas 

Metabase Itabira conhece de perto a tragédia em Brumadinho

Metabase Itabira declara luto por Brumadinho

Equipe da CRMV-MG resgata 36 animais em Brumadinho

Vale em Itabira não para, diz nota

Engenheiro preso ganhou prêmio por estudo no Itabiruçu

Vereador convida gerentes da Vale em Itabira para esclarecer sobre barragens 

Civil prende engenheiros que prestaram serviço à Vale

Corpo de itabirano é localizado após desastre ambiental

60 mortos e 292 desaparecidos em Brumadinho

Ronaldo vai cobrar da Vale diagnostico das Barragens em Itabira

Brumadinho: Sirenes são acionadas durante a madrugada 

Sindicato dos Vigilantes cobra da Vale e autoridades urgência em Brumadinho

Brumadinho ainda tem 299 pessoas desaparecidas

Rompimento de barragem em Brumadinho aumenta alerta em Itabira

Nota do Metabase sobre rompimento de barragem em Brumadinho

Justiça bloqueia R$ 1 bilhão da Vale

Rompimento de barragem em Brumadinho