Mengão vence Fla-Flu em prévia da semifinal da Taça Rio

Chapa esquentando nos principais estaduais do país. Teve decisão, clássicos, goleada e, claro, muita bola na rede.

No campeonato Carioca, Flamengo e Fluminense se enfrentaram no Maracanã. O Mengão entrou com força máxima, enquanto o Tricolor das Laranjeiras foi com o time praticamente reserva, com a exceção de Paulo Henrique Ganso. E a vantagem técnica e o entrosamento fizeram diferença para o Rubro-Negro. Logo no início, aos 15 minutos, Bruno Henrique recebeu bola de Pará e abriu o placar.

Na volta do intervalo, apareceu de novo a estrela de Bruno Henrique. O atacante recebeu ótimo lançamento de Diego e fez o segundo dele e do Mengão. Pouco tempo depois, após vacilo da zaga tricolor, Bruno Henrique rolou para Gabigol ampliar. Três a zero para o Fla. Vitória tranquila? Que nada! Seis minutos depois, Dodi completou o cruzamento de Calazans e diminuiu o prejuízo. A reação continuou e João Pedro, de apenas 17 anos, também marcou para o time das Laranjeiras, mas parou por aí. Flamengo três, Fluminense dois. As duas equipes avançaram para as semifinais da Taça Rio e se enfrentarão novamente nesta quarta-feira (27).

Os outros rivais do estado tiveram uma rodada para esquecer. Em busca de um milagre, o Botafogo esbarrou na própria limitação. Em Bacaxá, o time alvinegro ficou apenas no empate por dois a dois diante do Americano. Com o tropeço, o Fogão está fora da busca pelo bi. É primeira vez desde 2014 que um grande fica de fora da disputa do estadual. Outro que tropeçou depois de sair na frente foi o Vasco, que perdeu de virada do Bangu, em São Januário. Com a derrota do Volta Redonda, o Gigante da Colina escapou de uma eliminação na Taça Rio. Por isso, Bangu e Vasco reeditam o duelo na semifinal do segundo turno.

No Paulista, a coisa começou a apertar e só dois times se deram bem. Em casa, o São Paulo saiu em vantagem no primeiro jogo das quartas de final. O Tricolor venceu o Ituano por dois a um. O jovem Igor Gomes marcou duas vezes para os donos da casa, enquanto Morato descontou no final e ainda mantém viva a esperança da equipe do interior paulista. Quem também venceu foi o Santos. O Peixe se recuperou de três partidas sem vencer e bateu o RB Brasil por dois a zero. Os gols foram marcados por Sanchez e Diego Pituca.

Quem não ficou muito feliz com o primeiro jogo das quartas foi a torcida do Corinthians, que sofreu e só empatou com a Ferroviária, fora de casa, por um a um. Mesmo placar de Novorizontino e Palmeiras. O jogo do Verdão ficou marcado por uma polêmica com o árbitro de vídeo. E poderia ter sido pior caso Fernando Prass não defendesse um pênalti e mantivesse o placar.

Tranquilidade para os grandes no Gaúcho. Sem dó, nem piedade, o Grêmio massacrou o Juventude em pleno Alfredo Jaconi, seis a zero para o Imortal no jogo de ida das quartas. Também fora de casa, o Internacional foi mais modesto, mas também encaminhou a vaga depois de derrotar o Novo Hamburgo por dois a zero. O Aimoré empatou com o Caxias em um a um, enquanto São José e São Luiz  empataram sem gols.

Também rolaram as quartas de final no Mineiro. Em jogo único, o Cruzeiro atropelou o Patrocinense por cinco a zero. O Atlético venceu o Tupynambás por três a um e também avançou para as semifinais. Boa Esporte e Tombense empataram em um a um no tempo normal. Na disputa de pênaltis, melhor para o Boa, que venceu e garantiu a classificação.

Felicidade dos visitantes no Catarinense nos dois maiores confrontos da rodada. Em pleno Orlando Scarpelli, o Joinville derrotou o Figueirense por um a zero, gol de Nathan Cachorrão, tirando a invencibilidade do time da capital. Também fora de casa, o Avaí venceu o Criciúma por dois a zero e assumiu a liderança. O Hercílio Luz recebeu a Chapecoense em casa e se deu mal, três a dois a para o Verdão do Oeste.

Na quarta rodada do Paranaense, o Atlético manteve a campanha 100% no segundo turno, dois a um em cima do Foz do Iguaçu, na Arena da Baixada. O Paraná goleou o Cascavel por quatro a um, enquanto o Coritiba só empatou com o Rio Branco em um a um.

E a bola ainda rola nesta segunda (25). Fechando as quartas do Mineiro, o América joga contra a Caldense. No Catarinense, Tubarão e Brusque fecham a rodada.

Raphael Costa