Tornozeleira apaga e Justiça manda prender albergado

A Policia Militar prendeu um homem que era considerado foragido após a tornozeleira ter descarregado. O caso aconteceu em Itabira (MG).

O descuido do próprio detento que cumpria pena domiciliar fez com que o sistema prisional determinasse sua prisão imediata e que fosse levado para o regime fechado no Presídio de Itabira, na localidade do Rio de Peixe.

No sábado, 1° de junho de 2019, na parte da manhã, os Policiais Militares foram até a Rua Periquito, no bairro Pedreira do Instituto, onde fizeram a prisão do albergado de 35 anos. Ao ser abordado pelos Militares o homem relatou que tinha esquecido de recarregar a bateria da tornozeleira do sistema prisional na ultima sexta-feira (31) por que estava fazendo um serviço de pedreiro.

Os Militares informaram ao homem que a Central de Monitoramento do Sistema Prisional verificou que o aparelho não indicava a sua localização, assim, de imediato, foi emitido um mandado de prisão em desfavor do mesmo.

As explicações do detento aos Militares não foram válidas e foi cumprida a ordem judicial para levá-lo para a Delegacia de Polícia Civil, no bairro Campestre, depois ele seria encaminhado ao presídio do Rio de Peixe.