Ato pelos 50 anos de Stonewall na praça redonda

A rebelião de Stonewall foi uma série de manifestações violentas e espontâneas de membros da comunidade LGBT contra uma invasão da polícia de Nova York que aconteceu nas primeiras horas da manhã de 28 de junho de 1969, no bar Stonewall Inn, em Manhattan, em Nova York, no Estados Unidos. Esse motins são amplamente considerados como os eventos mais importantes que levaram ao movimento moderno de libertação gay à luta pelos direitos LGBT no país. Este ano os ativistas trazem como tema os 50 anos de Stonewall, e vamos lembrar que nestes 50 anos a luta por direitos ainda permanece.

Em Itabira não será diferente essa comemoração, apesar dos ativistas terem um retrocesso na cidade, mas não deixamos de lutar pois o executivo e o legislativo itabirano não apoia há dois anos a parada na cidade. mas com olhar nacional tivemos grande vitoria para a comunidade LGBT, recentemente foi aprovado depois de quase duas décadas de luta do movimento no Brasil uns do poderes da República reconheceu que a discriminação e violência contra LGBT não é algo aceitável no marco legal brasileiro e devem ser punidos.
.
O STF reconheceu que o Congresso Nacional deveria já ter aprovado uma lei que torne crime a homofobia e a transfobia (LGBTfobia). A suprema corte afirmou que crime de racismo abrange a discriminação e violência contra LGBT, aplicando-se a lei 7716/89 para punir a homofobia até que Congresso aprove ima lei regulamentando a questão! vitoria da igualdade e do respeito à diversidade. Um passo em direção ao fortalecimento da democracia brasileira, tão aviltada.
.
Mais uma vez, o STF fez o que o legislativo não fez. Foi assim, com o reconhecimento da união estável em 2011, com a legalização do casamento civil em 2013 e com o reconhecimento do direito à identidade de gênero em em 2018. Vitoria do movimento LGBT, da luta de milhares de ativistas e de um bando de gente que nos ajudou nessas batalhas, no Congresso, no Supremo, na Sociedade. Muitas vezes enfrentando a fúria do fundamentalismo religioso. Hora de comemorar! um brinde ao respeito, à cidadania, à não discriminação. A igualdade é colorida.
.
Será no dia 28 de junho (sexta-feira), às 18h30, na praça Acrísio Alvarenga (conhecida como pracinha redonda), no Centro de Itabira (MG).