Vereadores “retiram” Nenzinho da Comissão de Ética da Câmara

O vereador Weverton Freitas Limões “Nenzinho” (PMN), preso preventivamente na semana passada, acusado de coagir testemunhas na investigação da Polícia Civil no esquema de “rachadinha”, foi substituído pelo vereador Carlos Henrique da Silva “Carlin” (Podemos) na Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal de Itabira. Nenzinho ocupava o cargo de vogal na comissão.

A substituição foi anunciada pelo presidente da Comissão de Ética, vereador Weverton Andrade “Vetão” (PSB) durante a reunião desta terça-feira (9). Evitando polemizar o assunto relacionado à prisão do seu colega, Vetão discursou apenas à favor de atualizar o regimento interno da Câmara Municipal quanto à postura ética dos vereadores. O vereador pediu o desarquivamento do projeto de lei 6/2004 que institui no legislativo o Código de Ética e Decoro Parlamentar.

“Nosso objetivo, até a próxima sexta-feira, é protocolar este projeto de resolução [6/2004], é apresentar este projeto e abrir espaço para que mais vereadores possam participar deste processo”, resumiu o vereador.