Policia Civil prendeu pedreiro acusado de matar ex-companheira

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu em flagrante, nesta segunda-feira, 12 de agosto de 2019, um pedreiro de 49 anos que é suspeito de matar a ex-companheira de 46 anos com quem conviveu durante 25 anos.

O crime ocorreu no último domingo, 11 de agosto do corrente ano, no bairro São Benedito, e segundo a delegada Adriana das Neves Rosa, responsável pelas investigações, o suspeito confessou o crime.

De acordo com a Delegada a confissão aconteceu durante o depoimento, “ele disse que a mulher teria ido à casa dele, que é no mesmo lote, e o agredido verbal e fisicamente. Depois, ele foi à casa da vítima, com uma faca, e a matou”. As investigações apontam que ele teria premeditado o crime.

O casal havia se separado há, pelo menos, um ano. E, apesar de haver vários registros policiais provocados por discussões, a última ocorrência foi em 24 de julho deste ano. Com o procedimento da Medida Protetiva já em andamento, a vítima manifestou formalmente o desinteresse em prosseguir.

O inquérito prossegue em andamento de ouvir as testemunhas e pessoas citadas nos altos.