Presídio será construído abaixo da Pedreira, na Fazenda Palestina

O Prefeito de Itabira Ronaldo Lage Magalhães doará o terreno e o novo Presídio de Itabira poderá ser construído na área da Fazenda Palestina, que fica abaixo do Bairro Pedreira do Instituto.

Ronaldo Magalhães já se propôs doar ao Governo Estadual um terreno no local conhecido como Fazenda Palestina, que fica situado entre o trevo da Represa Santana na MGC-120, abaixo do bairro Pedreira do Instituto e condomínio Quintas da Rocinha, a cerca de oito quilômetros da Centralizada Vale/Mina Cauê, no bairro Campestre.

O novo prédio do presídio teria uma capacidade para 600 detentos.

De acordo com informações a doação do terreno ficou acertada numa reunião que o Prefeito teve, a cerca de três dias na Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), em Belo Horizonte.

Nesta reunião ficou definido que a Vale é quem iria bancar toda a obra, afinal o atual Presídio de Itabira esta numa área de risco de rompimento de barragem, denominada de Zona de Auto Salvamento. Para tanto, nos próximos dias, a empresa deverá assinar um termo de compromisso com o Governo do Estado.

Em seguida o Prefeito Ronaldo Magalhães deve mandar um projeto de lei à Câmara que precisará ser aprovado pelos vereadores, e assim ser efetivado a doação do terreno para tal finalidade.

Bernardo Rosa, adv. presidente da OAB

Assim que for construída a nova unidade, o presídio do Rio de Peixe será desativado. A discussão sobre a transferência da unidade prisional de Itabira surgiu após o Advogado e Presidente da OAB/Itabira Bernardo Rosa declarar em palestra que esteve conversando com a Vale e surgiu a possibilidade a retirada do presídio daquele local atual, pois esta em área de risco de rompimento de barragem e uma evacuação imediata seria impossível. O presídio seria destruído em minutos caso ocorresse um rompimento na barragem de Itabiruçu, que atualmente passa por um processo de alteamento.

Em tempo – A fazenda Palestina está localizada a cerca de oito quilômetros do bairro Campestre. Ficando instalada abaixo do bairro Pedreira do Instituto e depois do condomínio Quintas da Rocinha, as margens da rodovia que liga Itabira à Santa Maria de Itabira, e acima da barragem de Santana.

A dimensão da Fazenda, são cerca de 300 hectares de área com boa topografia. De acordo com um estudo realizado pela Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig), até cerca de 60% do terreno pode ser destinado para a instalação de edificação, o restante seria mantido como área verde, de preservação permanente. Na época da doação do terreno em meados de 2015, o terreno foi avaliado em R$ 2,7 milhões.

Matéria relacionada – Barragens: Presídio de Itabira pode ser transferido de local