Palestra com cases de sucesso da China é destaque na Acita

Café com empreendedoras contou com a parceria da empresa Sherpa China

Fotos: Divulgação

Diante de um cenário de constantes transformações na relação com o consumidor a palestra “Como a China vem dando um show na experiência de consumo” trouxe para os participantes uma perspectiva inovadora e diferente, na metodologia aplicada quando o assunto é atendimento. Os palestrantes Ian Lin, CEO da Serpa China e Samara Reis, diretora do grupo Serpa compartilharam os seus conhecimentos de como a China inovou e se reinventou no mundo dos negócios. Com casa cheia a Acita – Associação Comercial, Industrial de Serviços e Agropecuária de Itabira, por meio do programa Acita Mulher proporcionou momentos de muito aprendizado e troca de informações.

A palestra aconteceu durante o Café com Empreendedoras, nesta sexta-feira (20) e atraiu um público diverso com interesse em informação e capacitação.

Na abertura do evento uma encenação marcou a fase de transformação da China em uma das maiores potências mundial.

O evento contou com a participação da vice-prefeita Dalma Barcelos, que aproveitou a oportunidade para falar sobre o projeto ONU Mulheres, que trabalha com objetivos para alcançar a igualdade de gêneros.

Logo após a abertura, os palestrantes apresentaram em vídeos e gráficos a realidade da China, um país que viveu momentos devastadores após a segunda guerra mundial e hoje mostra um cenário de constantes transformações e pode ser considerada uma das maiores economias do mundo.

De acordo com Ian Lin este crescimento não ficou restrito a grandes centros, como Xangai. A economia cresceu por todo o país, graças a muito trabalho e a estimulação do empreendedorismo. “A China enfrentou momentos difíceis, estava um caos após a segunda guerra, as pessoas precisavam sobreviver e conseguiram com muito trabalho. Vai lá e faz” disse o CEO da Serpa China.

“Todas as empresas da China estão criando experiências e na realidade essas experiências são fundamentadas em empatia e relacionamento”, ressaltou Samara Reis.

As experiências vividas pelos palestrantes foram compartilhadas de forma prática, com vivências do dia-a-dia.

A China até a década de 1985 tinha a maioria dos trabalhadores voltados para a agricultura. Hoje a tecnologia e inovação tomam conta da economia do país.

Ian Lin e Samara Reis ainda deram dicas valiosas para as empresas que pretendem fazer negócios com a China.