Vale aluga casa na área de risco em Barão

A Vale alugou um imóvel na rua Horácio da Mata 54, Centro, em Barão de Cocais, para atendimentos à população em assuntos envolvendo o risco de rompimento da barragem Sul Superior, de Gongo Soco. O que chama atenção é que o imóvel está a apenas 63 passos da portaria da Escola Municipal Coronel Câncio, que foi evacuada em março e transferida para o prédio da Fundação Presidente Antônio Carlos (Fupac/Unipac), no bairro Lagoa, por estar na mancha de inundação prevista em caso de rompimento da estrutura da mineradora.

Outros moradores próximos do imóvel alugado pela Vale também foram removidos de suas casas. Na porta da casa alugada pela Vale o meio-fio está, inclusive, pintado na cor laranja, indicando que o local está em uma área de risco.

Na recepção – uma sala ampla – há um segurança armado e uma funcionária faz o primeiro atendimento. A empresa respondeu, através de nota enviada por sua assessoria de comunicação, que o novo escritório foi idealizado visando a prestação de um melhor atendimento à população. “A unidade está a cerca de cinco minutos de um dos pontos de encontro. Em um caso extremo de rompimento, o tempo de chegada do rejeito ao local é de aproximadamente 1h30, conforme Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração apresentado aos órgãos competentes”, garantiu.

Fonte: Diário de Barão