CNSD/divulgação

Alunos da 2ª Série do CNSD doam cobertores ao HNSD

CNSD/divulgação

Doar-se e partilhar os dons. Essas são virtudes que os alunos do CNSD praticam diariamente. Dentro da instituição de ensino, os estudantes participam de ações sociais, doando-se ao próximo, buscando transformar o meio em que vivem. Nesta quarta-feira, 16 de setembro, o momento de carinho e solidariedade foi promovido pelos alunos da 2ª série, sob a coordenação da professora de História, Elaine Magalhães. Eles arrecadaram cobertores e entregaram a direção do Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD). As peças serão utilizadas pelos pacientes de hemodiálise.

Além do momento da doação, também houve muito aprendizado. A gerente administrativa da Hemodiálise do HNSD, Juliana Lilian Gonçalves Ferreira, explicou aos alunos sobre a insuficiência renal e as formas de tratamento da doença. Também estiveram presentes, representantes do grupo de brinquedistas “Alegria, Alegria”, que atuam na brinquedoteca da Pediatria do HNSD, Pronto Socorro Municipal e Hospital Carlos Chagas.

O grupo é formado por 28 pessoas, que trabalham voluntariamente para possibilitar as crianças internadas diversão no ambiente hospitalar. A representante Conceição Papa falou aos alunos sobre a importância do voluntariado e de como este ato transforma a vida de quem recebe e de quem se doa. “ Devemos sempre fazer uma corrente do bem e ser bondoso para o próximo sem pedir nada em troca”, ressaltou.

Segundo a diretora do CNSD, Luciene Alvarenga, a responsabilidade social reflete a visão cristã que é base da filosofia da escola. Dessa forma, é incentivada e praticada diariamente pelos alunos e colaboradores do Colégio. “A sociedade reconhece a urgência de formarmos cidadãos preparados não apenas de conhecimento científico, mas de pessoas que valorizem a ética, a sabedoria, a humildade e o espírito humanitário. Trabalhamos na formação humana, desenvolvendo cidadãos conscientes, participativos e multiplicadores de ações solidárias”.

A direção do HNSD agradeceu aos alunos pelo gesto de amor e solidariedade e enfatizou o quanto toda a ajuda é sempre bem-vinda a instituição. Os alunos do Colégio, experimentaram mais uma vez, a emoção e a felicidade que os gestos de solidariedade produzem.