Juíza revoga prisão do vereador Nenzinho e Ailton

A notícia está viralizando na imprensa local onde na tarde desta quinta-feira (7), foi revogada a prisão do vereador Everton Júlio Limões “Nenzinho” e do ex-diretor da Câmara Aílton Francisco de Moraes.

Com esta notícia a advogada Juliana Drummond foi até o presídio de Itabira, onde comunicou ao seu cliente Nenzinho, sobre a decisão da Juíza, revogando a prisão de ambos. Na saida do presídio a advogada conversou com a imprensa (veja LIVE, clique aqui).

A liberdade dos dois deve ocorrer até por volta das 17 horas, após os trâmites legais dentro do Fórum bem como apresentação do alvará de soltura na unidade prisional.

Ambos ficaram presos por cerca de 4 meses, acusados de participarem de um esquema de rachadinhas.

Acompanhe trecho da fala da advogada Juliana Drummond, “O processo corre em segredo de justiça, teve alguns embaraços e a decisão foi tomada devido já ter quatro meses em que eles estão presos e não há possibilidades de proferir a sentença por falta de provas. Então, a prisão foi revogada para ter mais tempo de análise do processo para que a juíza possa dar uma sentença. Foram vários pedidos de habeas corpus, vários pedidos de liberdade, de revogação da prisão que foram nefastos, mas desta vez, graças a Deus, a gente viu que o trabalho foi conduzido da melhor maneira para que de forma justa chegasse na revogação da prisão.’’