João Leite (deputado estadual PSDB/MG), Leninha (deputada estadual PT/MG). Foto: Willian Dias /ALMG

Estrada Bahia Minas é sonho de deputados pró-ferrovias

Não há nenhum projeto do governo do Estado de retomar a ferrovia

Dois assuntos foram tema da fase de Oradores na Reunião Ordinária de Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) nesta quinta-feira (28/11/19). O deputado Doutor Jean Freire (PT) falou de uma das lutas de seu mandato, a retomada da estrada férrea Bahia Minas, que foi desativada em 1966.

De acordo com o deputado, a ferrovia foi construída com a possibilidade de ajudar no desenvolvimento do Nordeste de Minas Gerais e da Bahia e foi bastante usada para transporte de passageiros e materiais de construção.

A estrada também foi imortalizada na música “Ponta de Areia”, de Milton Nascimento. “Não existe nenhum plano do governo do Estado para retomá-la nem nenhum tipo de acordo construído. Mas essa é uma das causas do meu mandato, na qual eu acredito. Esse é um sonho que muitos de nós sonhamos juntos. Estivemos em Teófilo Otoni essa semana e debatemos isso com o prefeito de lá. E o prefeito de Caravelas (BA) também é um entusiasta da causa. Eu luto por isso desde o mandato passado”, completou.

O deputado Virgílio Guimarães (PT) focou nos problemas financeiros do Estado. Ele reforçou que é papel dos deputados e da ALMG que os gastos previstos pela Lei de Diretrizes Orçamentárias se cumpram, especialmente as despesas obrigatórias.

“Esse tem de ser nosso primeiro compromisso como fiscalizadores. Se acreditamos que a Lei Orçamentária Anual não nos atende, temos de intervir na sua elaboração. Dar prioridade às obras viárias e estruturantes. É nossa obrigação corrigir se discordamos e, se não há recursos, realocar os existentes e cumprir a lei. Nós temos essa responsabilidade”, completou.