Bombeiros notificam Presídio de Itabira, que já esta interditado pela justiça

O Corpo de Bombeiros notificaram o Presídio de Itabira, que já estava a interditado pela Justiça, com a proibição de ingressar novos detentos.

Em vistoria realizada pelos Bombeiros no presídio de Itabira foram encontradas irregularidades, o que gerou uma notificação ao Diretor, dando prazo de 60 dias para que sejam corrigidas.

Primeiro problema é a falta do projeto de segurança contra incêndio e pânico (PSCIP), documento este que necessita de aprovação do Corpo de Bombeiros.

Também foi detectado no local que o auto de vistoria não existe. O Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), é o documento que comprovaria a regularidade da edificação no cumprimento de todas as regras de segurança para situações de emergência.

Extintores de incêndio vencidos, prédio sem sinalização e luminária de emergência, hidrantes sem verificação de normalidade e, por fim, nenhum agente apto a agir como brigadista.

“Os extintores estão em dia e o sistema de hidrante operacional. O presídio tem o projeto aprovado pelo Corpo de Bombeiros mas faltou a formalização da obra”, informou, o Diretor Márcio Pedro.

Caso se constate as irregularidades, o presídio poderá ser até mesmo interditado.