HNSD/divulgação

HNSD: Economias geradas com energia elétrica serão investidas na saúde

O Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD) recebeu oficialmente na manhã de segunda-feira (16) cerca de R$ 600 mil em equipamentos doados por meio do Programa de Eficiência Energética da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). Com isso, o consumo de energia da instituição será reduzido em até 30% e os recursos economizados serão investidos em outros setores, que contribuirão para a melhoria da prestação de serviço da instituição. A estimativa é uma economia superior a R$ 10 mil mensais.A solenidade de descerramento da placa que inaugurou o início do programa contou com a presença do prefeito Ronaldo Lage Magalhães (PTB), da vice-prefeita Dalma Barcelos (PDT), do provedor do HNSD, Vaquimar José Vaz, do diretor executivo da instituição, Alexandre José Coelho, e do diretor de comunicação e sustentabilidade da Cemig, Marco Antônio Lage.

Os investimentos resultaram na substituição de duas autoclaves, duas secadoras e instalação de mais de mil lâmpadas de led espalhadas pelos setores do HNSD. O investimento foi comemorado pelo provedor Vaquimar Vaz.“Agradeço ao apoio da Cemig. Com certeza este investimento trará uma grande economia para este hospital, que é uma referência regional e atende uma população de aproximadamente 500 mil pessoas. Então, quando se fala em economia de gastos, estamos falando de investimentos em outras áreas da saúde”, reforçou o provedor.

De acordo com o diretor executivo do HNSD, Alexandre Coelho, os novos equipamentos vão trazer também modernização para o hospital. Além da economia, o investimento começou a gerar mais eficiência na prestação dos serviços. “A partir do mês que vem nós já começaremos a sentir a economia nas contas de energia elétrica e, consequentemente,  passaremos investir este dinheiro economizado nas áreas do hospital e até mesmo nos colaboradores. Os equipamentos são mais eficientes, são maiores e têm uma capacidade maior de nos atender. Eles fazem maior ciclo em menor tempo, então, utiliza-se menos vezes, consumindo menos energia”, explicou o diretor.

O prefeito Ronaldo Magalhães também destacou a redução dos custos com os novos investimentos. “Quero destacar o bom trabalho do hospital que ao longo do ano tem investido e melhorado o atendimento. Nós vemos Brasil a fora vários hospitais fechando, principalmente a internação, e o Nossa Senhora das Dores está crescendo e isso nos dá a esperança de cada dia melhorar a saúde em Itabira”, reconheceu o prefeito.

Cemig – O Programa de Eficiência Energética da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) terá o investimento de R$ 40 milhões na modernização de 80 hospitais públicos. Para 2020, a empresa pretende ampliar os investimentos nas instituições de saúde, podendo chegar a um aporte financeiro de R$ 100 milhões, segundo explicou o diretor da companhia, o itabirano Marco Antônio Lage.

Em seu discurso, ele pontuou a importância dos investimentos nos hospital públicos e fez um relato dos futuros investimentos da Cemig em todo o estado e anunciou novos recursos e programas a partir de 2020.

“A eficiência energética tem alguns pilares: a troca de equipamentos, a educação de consumo energético e mudança de hábitos. A Cemig fazia isso, mas de maneira dispersa e não se via a parte prática desses processos, por isso, aprovamos cerca de R$ 500 milhões de investimento para os próximos cinco anos, para atender com metas e objetivos e definir um programa que se chama ‘100%’, ou seja, atender todos os hospitais públicos e escolas do estado”, revelou o diretor.