GTR cerca o presídio e pode ter evitado mais homicídios

Duas armas de fogo e um homem preso na porta do presídio de Itabira/MG. 

Uma ação de prevenção realizada pela equipe GTR (Grupo Tático Rodoviário) da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), culminou com a prisão de dois homens e apreensão de duas armas de fogo.

Por volta das 16 horas desta sexta-feira, 27 de dezembro de 2019, criminosos retornavam para o Presídio de Itabira, alguns destes do sistema de albergado ou semi-aberto. No momento em que a equipe do GTR se preparava para realizar a abordagem um dos indivíduos saiu correndo e apontando a arma de fogo para os Militares, que por sua vez efetuaram disparos forçando com que o autor durante a fuga deixace para trás uma arma de fogo, sendo uma pistola 9mm. Ainda durante a perseguição o autor acabou pulando dentro da lagoa, nadando até o outro lado e escapando por um eucalipto existente na região.

Persistindo nas buscas a equipe GTR acabou se deparando com outro criminoso, que foi abordado na porta do Presídio, e submetido à busca pessoal. Na cintura ele levava consigo um revólver calibre 32 municiado, que foi apreendido e o homem colocado no cofre da viatura, junto com o compareça que ele escoltava.

Os Militares descobriram que os homens armados estariam realizando a escolta de alguns albergados. Os PMs também suspeitam que pudesse ocorrer algum tipo de troca de tiros ou acerto de contas (homicídios) nas proximidades do presídio.

Essa suspeita se fortalece, já que recentemente um homem do bairro Pedreira do Instituto foi alvo de disparos de arma de fogo quando deixava o presídio de Itabira, sendo ele baleado por cerca de sete tiros.