YouTube

Um ano após tragédia em Brumadinho, Vale recupera valor de mercado

A Vale voltou a ganhar folego no mercado, o que pode representar uma melhora na economia itabirana, já que parte da arrecadação municipal gira em torno da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CEFEM) . Depois de um ano da tragédia em Brumadinho, com o rompimento da Barragem de Córrego do Feijão, que matou 255 pessoas, sendo que 15 ainda não foram encontradas, a mineradora registrou uma elevação nos valores de suas ações em 1,5% que voltaram a ser negociadas a R$ 56,15, valor registrado antes de janeiro de 2019, quando houve o desastre.

Com a valorização, a companhia está a R$ 2 bilhões de seu valor de mercado pré-Brumadinho, de R$ 296 bilhões. Após a tragédia, a mineradora registrou uma queda de R$ 72 bilhões em seu valor de mercado. Aalta, registrada nesta terça-feira (14) é devido ao otimismo que o mercado da mineração vive atualmente, devido a possibilidade da China assinar a fase 1 do acordo comercial com os Estados Unidos, o que deve acelerar sua economia. Nesta terça, o minério de ferro subiu 1,4%. De janeiro passado até agora, a alta é de 36%.