Acom/CMI

Ofícios com projetos vetados pelo prefeito são retirados para vista

Foi retirado para vista pelo Vereador André Viana (Podemos), o Ofício 689/2019, proposto pelo Prefeito Ronaldo Magalhães (PTB), vetando integralmente a propositura de autoria do Vereador André Viana (Podemos), o Projeto de Lei 59/2019, que “Dispõe sobre a obrigatoriedade de as empresas mineradoras comunicarem ao Poder Executivo Municipal o tempo de vida útil de exploração e de explotação das suas minas instaladas no Município de Itabira”.

Durante Reunião Ordinária, também ocorreu pedido de vista ao Ofício 690/2019, vetando parcialmente o Projeto de Lei 96/2019, que “institui a Comissão Permanente de Sindicância e Processo Administrativo Disciplinar e Especial”, desta vez, pelo Vereador Paulo Soares (PRB).Requerimentos
O Vereador Reginaldo das Mercês Santos (PTB), fez dois requerimentos que foram aprovadas em Plenário está semana.

O primeiro, solicitando que a Senhora Bárbara Lopes Cruz (Diretora de Engenharia) e o Senhor Willame Aguiar de Almeida sejam convidados a fazer o uso da tribuna em Reunião Ordinária, para apresentar novos projetos para o descongestionamento do trânsito da Praça Acrisío e entorno, e prestar esclarecimentos sobre a situação.

E o segundo requerimento, solicitando que o Senhor Marco Antônio Lage (Diretor de Relações Institucionais e Comunicação da Cemig) seja convidado a fazer o uso da tribuna em Reunião Ordinária, para esclarecer sobre demora no atendimento de demanda de ligação de energia urbana e rural, justificar o constante pique de energia na cidade, e apresentar possíveis projetos para a cidade no que tange melhor atendimento e funcionamento na prestação de serviço da referida empresa.

Uso da Tribuna
O Vereador André Viana (Podemos), utilizou a Tribuna da Casa Legislativa, para falar sobre a situação do atendimento do SINE, citar a importância das contratações de mão de obra local, e também para pedir ao Presidente da Câmara Municipal de Itabira, Vereador Heraldo Noronha Rodrigues, e ao jurídico da Casa Legislativa, para nomear uma comissão de estudo dos vereadores, junto ao SINE e à secretaria de desenvolvimento urbano, com o intuito de buscar soluções para as pessoas que necessitam inserir no mercado de trabalho.