Ilustração

Desemprego chega a 11,2% e atinge 11,9 milhões de pessoas

O resultado representa uma queda de 0,8 ponto percentual no número de desemprego, em relação ao trimestre encerrado em janeiro de 2019.

A taxa de desemprego entre os brasileiros ficou em 11,2% no trimestre encerrado em janeiro, atingindo 11,9 milhões de pessoas. É o que revela Pesquisa Nacional Por Amostra de Domicílios Contínua Mensal (PNAD Contínua), divulgada nesta sexta-feira (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado representa uma queda de 0,8 ponto percentual no número de desemprego, em relação ao trimestre encerrado em janeiro de 2019, quando a taxa foi de 12%. Já na comparação com o trimestre encerrado em outubro, a redução foi de 0,4 ponto percentual.

Quando a comparação é feita com o trimestre encerrado em dezembro, no entanto, quando a taxa de desemprego ficou em 11%, houve alta de 0,2 ponto percentual. Foi o primeiro avanço desde o trimestre encerrado em março do ano passado.

A taxa de informalidade, por sua vez, apresentou redução de 41,2% no trimestre de agosto a outubro de 2019 para 40,7% no trimestre encerrado em janeiro. Em 2019, a taxa média de desemprego no país ficou em 11,9%. O ano foi marcado pelo aumento da quantidade de trabalhadores na informalidade, que atingiu o maior nível desde 2016.

Marquezan Araújo