Anglo atende reivindicações do Metabase Itabira

André Viana: “Houve avanços, mas ainda não é o que queremos”.

Na tarde desta terça-feira (24) o presidente do Metabase Itabira, André Viana, participou de uma reunião com representantes da empresa Anglo American sediada em Conceição do Mato Dentro/MG e que emprega cerca de 500 itabiranos. Atendendo determinação de órgãos de saúde, a reunião foi realizada por videoconferência e serviu para acordar as sugestões enviadas pelo Metabase à empresa com a finalidade de prevenir o contágio pelo Covid-19. A preocupação em manter a tranquilidade financeira dos trabalhadores foi uma das principais discussões do Metabase.

André Viana comemora, como ele classifica, uma importante vitória: “Dia 31 de março os trabalhadores da empresa terão um crédito a mais no cartão alimentação, sem possibilidade de desconto no futuro. Assim como na Vale, exigimos da empresa esse bônus para quem está correndo risco de contágio, pois a produção não para”. Outro avanço foi a distribuição de kits de higienização para todos os trabalhadores: “O kit possui álcool em gel, essencial neste momento já que os trabalhadores não têm acesso a água e sabão quando estão nas minas. O distanciamento dos trabalhadores dentro dos ônibus foi outra exigência do Metabase: “…agora há um espaço de dois bancos entre os passageiros, sendo as vans para o pessoal do administrativo e os ônibus para o pessoal do operacional…” disse André que completou: “A medição da temperatura dos trabalhadores da empresa por profissionais de saúde também foi outra ação implantada que me agradou”.

Ao fim da reunião, André se mostrou satisfeito com o resultado: “Praticamente todas as ações solicitadas pelo Metabase foram atendidas. Ao acatar nossas sugestões a empresa reconhece a importância das sugestões delas e com certeza vão trazer aos trabalhadores mais proteção, segurança e garantia que estão recebendo o melhor em prevenção de contágio desta doença.

Saiba mais ações acordadas entre Metabase e Anglo American

-Nas unidades administrativas da empresa, as equipes estão trabalhando em esquema de trabalho remoto (home office), com acesso às instalações somente as equipes essenciais à continuidade da operação.

– Profissionais com 65 anos ou mais portadores de doenças crônicas, aqueles que residem com pessoas maiores de 75 anos e os que residem com pessoas que trabalham nos serviços de urgência médica, estão colocados em home-office.

-Profissionais que tiveram contato com pessoas que viajaram de avião, dentro ou fora do país, foram imediatamente colocados em quarentena por 14 dias.

-Em toda a empresa, profissionais com qualquer sintoma de resfriado passam a trabalhar em sistema de home office.

-Os empregados que tiverem contato com pessoas que estiverem nas áreas de risco nos últimos 14 dias serão orientados a trabalhar de casa por 14 dias.

-Reuniões estão sendo feitas, preferencialmente, por videoconferência e outros mecanismos à distância.

-As viagens internacionais e nacionais estão canceladas.

-Eventos com aglomeração de pessoas também foram cancelados.

– Refeitórios, banheiros e salas de reunião passam por rotinas de limpeza ainda mais rígidas e reforçadas.

– Nas filas e mesas dos refeitórios, estão sendo adotadas medidas de distanciamento de pelo menos um metro entre as pessoas

– Todos os demais empregados estão orientados a manterem distância de 1,5 metros um do outro

Matéria relacionada

Vale acata sugestões do Metabase Itabira