Crédito (fotos): Gil Leonardi/Imprensa MG/SEGOV

Zema discute com prefeitos como enfrentar Covid-19 e retomar economia

Governador inicia série de reuniões, por videoconferência, com gestores municipais para ouvir demandas e debater retorno gradual e seguro das atividades econômicas.

O governador Romeu Zema iniciou nesta segunda-feira (18/5) uma série de reuniões, por videoconferência, com prefeitos de diversas regiões de Minas, para discutir as ações de prevenção e enfrentamento ao novo coronavírus no estado e medidas adotadas para retomada gradual e segura da economia. Na primeira reunião, Zema conversou com prefeitos do Triângulo do Norte, Triângulo do Sul, Sul, Jequitinhonha e Noroeste.

Zema apresentou as principais ações adotadas por sua gestão para enfrentamento da crise da covid-19 que permitiram que o estado se preparasse e conseguisse alcançar resultados expressivos no combate à pandemia. Minas Gerais é o segundo estado do país com a menor incidência de óbitos por 100 mil habitantes.

“Minas tem sido um estado exemplar na condução do enfrentamento à pandemia, e esperamos que esta situação perdure. Estamos lidando com um inimigo que é traiçoeiro e imprevisível. Porém, até o momento, parece que os mineiros estão conseguindo conduzir bem esta guerra. Nossos números de casos têm crescido, mas dentro de uma situação que permite o nosso sistema de Saúde continuar atendendo. Temos, hoje, um colchão de segurança. Apenas 7% dos nossos leitos estão ocupados com suspeitos ou portadores da covid- 19, e isso nos dá essa segurança tão necessária”, afirmou o governador.

Segundo Zema, a suspensão das aulas e o início antecipado do isolamento permitiram que Minas alcançasse este resultado, além das características populacionais do estado. Ele também agradeceu e parabenizou o empenho dos prefeitos na condução das ações em seus municípios. “As ações de isolamento permitiram que tivéssemos o resultado necessário. Quanto mais conseguirmos retardar a propagação do vírus, melhor. Estas medidas significaram tempo e nós conseguimos nos estruturar caso o pior cenário venha a se realizar”, reforçou.

Romeu Zema ainda detalhou aos prefeitos algumas das ações que vão beneficiar diretamente os municípios, como a reativação de 368 leitos – sendo 90% deles no interior -, a compra de 1.047 novos respiradores, o trabalho de recuperação de respiradores que estavam estragados em todo o estado e a compra de Equipamentos de Proteção Individual para repasse às prefeituras a preço de custo.Reativação da economia

Durante a reunião, os prefeitos relataram que a situação em seus municípios está sob controle e que o trabalho de combate à pandemia segue firme e sério, mas ressaltaram a necessidade de medidas para a reativação da economia. Zema frisou a importância do programa Minas Consciente, que prevê a retomada gradual e segura das atividades econômicas.

“Os protocolos do Minas Consciente permitem a reativação gradual e segura da economia. Temos recebido críticas, da mesma maneira que vocês prefeitos, mas temos que fazer aquilo que está ao nosso alcance e dentro da nossa realidade, sempre colocando a vida em primeiro lugar. Hora nenhuma eu, como governador, quis colocar uma diretriz única para todo o estado porque eu sei que cada prefeito tem uma situação distinta, e talvez aí esteja um motivo de Minas estar indo bem. Vale lembrar que o Ministério Público também participou da construção do Minas Consciente. Estamos, até o momento, de parabéns, porque independentemente de região, de cidade, nós temos conseguido conduzir de forma bastante adequada, se comparado a outros estados”, finalizou o governador.

Diálogo e participação

O secretário de Governo, Igor Eto, que também participou da reunião com os prefeitos, ressaltou a importância da videoconferência para o aperfeiçoamento do trabalho em prol de toda a população mineira.

“Todo o esforço do Governo de Minas Gerais vem sendo no sentido de dar ferramentas para que os prefeitos tomem as suas decisões da melhor forma possível. Esta agenda é para discutir e ouvir de vocês o que está se passando na ponta, para que o governo possa se ajustar e adaptar as realidades para que todos nós, estado e municípios, possamos chegar ao final desta pandemia com sucesso. O sucesso de Minas Gerais na condução dos trabalhos não é fruto somente do governador Romeu Zema, mas do esforço individual de cada prefeito em seu município. A relação com os prefeitos vem dando certo, prova disso são os resultados”, afirmou o secretário de Governo.

Os prefeitos apresentaram a situação de seus municípios e as principais demandas, como o auxílio no credenciamento de leitos junto ao governo federal, a estruturação do sistema de Saúde e o trabalho de reativação da economia.

“Nós já fizemos, logo no início, um decreto aderindo ao Minas Consciente. Estamos acompanhando todas as fases e hoje estamos na onda branca (reativação de serviços de baixo risco)”, afirmou o prefeito de Patos de Minas, José Eustáquio Rodrigues Alves.

O prefeito de Pouso Alegre, Rafael Simões, afirmou que, em seu município, as atividades estão sendo retomadas. “Temos que parabenizar pela forma tranquila e serena com que o governador vem conduzindo a questão da pandemia do coronavírus. Aqui em Pouso Alegre nós temos tentado nos espelhar no senhor para tocar a vida. Temos uma preocupação muito grande com o que vem pela frente, depois da pandemia”, ponderou.

Já o prefeito de Uberaba, Paulo Piau, ressaltou o trabalho bem feito no estado e repassou algumas demandas para a área da Saúde. “Minas está em uma situação tranquila, graças às medidas adotadas na hora certa”, disse.