Vale apoia iniciativa que aumentará a testagem em massa para COVID-19

Vale apoia iniciativa que aumentará viabilização de testagem em massa para COVID-19 em diferentes regiões do Brasil

A empresa Neoprospecta, uma das vencedoras do Desafio COVID-19, apresentou uma solução de testes em massa que permite a análise de diversas pessoas simultaneamente. Este método é semelhante ao teste de RT-PCR* (Polymerase Chain Reaction) só que permite testar 16 pessoas ao mesmo tempo, o que aumenta a amostra, reduz custos e mantém a precisão do resultado. O exame possibilita a identificação do material genético dos vírus no corpo, diferente dos testes rápidos, que identificam a resposta do sistema imune humano. Com isso, é possível identificar as pessoas contaminadas que ainda não apresentaram nenhum sintoma da COVID-19.

“Um dos grandes desafios desta doença são os indivíduos assintomáticos, que fazem com que o controle seja mais difícil. Como precisamos identificar estes indivíduos em um volume muito grande, o nosso desafio foi tentar desenvolver uma abordagem que permitisse isso usando análises moleculares. Precisamos identificar os indivíduos contaminados antes que o corpo manifeste os sintomas do vírus e, com isso, isolá-los rapidamente para reduzir o risco de transmissão para outros pessoas”, explicou o fundador e diretor da Neoprospecta Fernando Oliveira.

Foi a partir da premissa de testagem em massa que países como Coreia do Sul, Singapura, Nova Zelândia e Alemanha conseguiram um maior controle e menores taxas de contágio do Sars-Cov2. Estas testagens podem ser usadas não apenas com a população geral, mas como ferramenta de gestão de risco em empresas e ambientes operacionais/industriais com vários indivíduos no mesmo ambiente. Isso porque o teste consegue identificar de maneira precoce as pessoas portadoras do vírus, permitindo que as devidas ações sejam tomadas a tempo e possibilitando uma melhor gestão da segurança do processo, das pessoas e da sociedade como um todo.

“Com o apoio da Vale, vamos conseguir aumentar a nossa capacidade analítica em mais 30%, e vamos ainda realizar a triagem em 24.000 indivíduos em diferentes locais do brasil – fazendo com que outras cidades e populações que necessitem deste tipo de apoio tenham acesso a essa triagem sem custo”, conclui Fernando.

* A Reação em Cadeia da Polimerase é uma técnica utilizada na biologia molecular para amplificar uma única cópia ou algumas cópias de um segmento de DNA em várias ordens de grandeza, gerando milhares a milhões de cópias de uma determinada sequência de DNA.

Fonte: Vale